BFC cria Instituto da Moda Positiva para impulsionar sustentabilidade

O British Fashion Council (BFC) reuniu vários programas e iniciativas de sustentabilidade existentes ​​numa nova organização chamada Institute of Positive Fashion (IPF).


O IPF será liderado pelo Positive Fashion Committee, que inclui marcas como Burberry, Farfetch e YNAP - Net-A-Porter

“O BFC reconhece que a indústria da moda atrai consumidores diariamente e, embora muitas vezes isso seja visto como uma visão de futuro, foi reconhecido que através das cadeias de abastecimento globais a indústria pode ter um impacto negativo no planeta. Há uma necessidade urgente de coligação em todo o setor para ajudar a estabelecer novos padrões, abraçar a inovação e desenvolver a necessidade dos líderes criarem negócios sustentáveis e orientados para o futuro e de fazer mudanças positivas", explicou o BFC.

O Institute of Positive Fashion terá como objetivo criar um modelo para o setor, reunindo conhecimentos de diferentes áreas para ajudar as marcas de moda a navegar no cenário da sustentabilidade em constante mudança. Vários recursos, incluindo um white paper e casos de negócios baseados em evidências serão gerados e publicados para ajudar a informar as marcas sobre o seu desenvolvimento sustentável.

"A IPF dará um novo impulso às melhores práticas da indústria da moda. Isso impulsionará o progresso em todas as áreas da sustentabilidade que terão impacto a longo prazo, criando programas e campanhas educacionais voltadas para a indústria e o público. O objetivo é catalisar e acelerar as mudanças", anunciou o British Fashion Council.

A IPF será criada a partir dos recursos existentes do Positive Fashion Committee, lançado em 2014. Este conselho de líderes da indústria, que inclui marcas como Burberry, Farfetch, Google, Kering, Raeburn, Selfridges, Swarovski, Vivienne Westwood e YNAP, para citar apenas algumas, foi encarregado de liderar o novo Institute of Positive Fashion na sua fase inicial.

Além da sustentabilidade (com foco no impacto social, ambiental e comercial), a iniciativa também se concentrará em igualdade e diversidade, know-how e propriedade coletiva. Espera-se que um "roteiro para mudança" de três anos seja lançado em 2020.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirModa - DiversosLuxo - Pronto-a-vestirLuxo - DiversosIndústria
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER