×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
23 de jan de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Bimba y Lola forma o seu conselho de administração e incorpora ex-CEO da Inditex

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
23 de jan de 2020

A empresa de moda e acessórios de origem galega dá um passo em frente na constituição dos seus órgãos de gestão. E fá-lo com a criação do primeiro conselho de administração do grupo, que contará com oito membros. As cofundadoras da empresa, Uxía e María Domínquez, ocuparão a presidência e a vice-presidência do referido órgão, respetivamente.


Loja da Bimba y Lola em Kuala Lumpur (Malásia) - Bimba y Lola


"A criação do conselho representa um importante reforço dos órgãos da empresa e é, além disso, um passo fundamental no cumprimento do seu plano estratégico", anunciou a empresa de moda em comunicado na quarta-feira, 22 de janeiro. "Abrimos a empresa a um conselho que incorpora perfis independentes e valiosos que nos ajudarão muito a desenvolver a nossa estratégia, sem renunciar ao  nosso caráter familiar", disse Uxía Domínguez, cofundadora da empresa em 2005 e agora presidente do conselho de administração do grupo.
 
Por seu lado, José Manuel Martínez, diretor-geral da empresa, sublinhou o "valor fundamental" da criação deste órgão, tanto no âmbito do crescimento internacional como da "melhoria contínua da gestão". O executivo, que foi nomeado diretor-geral da Bimba e Lola em novembro de 2008, também fará parte deste primeiro conselho.

Talento procedente da Inditex e da Desigual



Além disso, a empresa galega incorporará nas fileiras do seu órgão de gestão José María Castellano, que foi diretor-geral e vice-presidente da Inditex entre 1997 e 2005. O executivo conta com uma ampla trajetória em Espanha, destacando-se igualmente os seus cargos como presidente da empresa de telecomunicações ONO, entre 2006 e 2009, e presidente do NCG Bank, de 2011 a 2014. Membro de vários conselhos de administração, incluindo, além dos precedentes, Grupo Puig, Esprit Holdings Limited e Grupo Rothschild, o executivo fará parte da Bimba y Lola na qualidade de conselheiro independente.
 
Além disso, a empresa contará com outras duas conselheiras independentes. Primeiro, Cristina Trujillo, que conta com uma trajetória de mais de duas décadas no setor da moda e acessórios, especializada na internacionalização de marcas. A executiva já ocupou o cargo de diretora-geral da Etnia Barcelona e fez parte do conselho da Desigual, empresa para a qual trabalhou durante 11 anos. Em segundo lugar, Eva Hernando, especialista com 20 anos de experiência em direito comercial corporativo, aquisições, fusões e operações corporativas. A recém-nomeada conselheira, que atualmente é sócia responsável pela área comercial da empresa Grant Thornton na Galiza, também ocupará o cargo de secretária do conselho.
 
Jesús Domínguez, cofundador da Bimba y Lola, Adolfo Domínguez e Sociedad Textil Lonia, também se junta ao órgão de administração como administrador, assim como Fernando Martínez, especialista em gestão e finanças.

No exercício de 2018, a Bimba y Lola elevou a sua faturação em 11,4%, para 201,3 milhões de euros. Atualmente, a empresa fundada em 2005 está presente em 17 países através de 290 lojas, 168 das quais estão localizadas em Espanha e 122 no resto do mundo.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.