Birkenstock celebra seus modelos icônicos na Tuileries, em Paris

Se alguma marca causou um impacto em Paris no último final de semana, esta foi Birkenstock, a fabricante alemã de sapatos, que realizou uma garden party e uma apresentação elaborada que captou as melhores tendências da moda masculina e feminina.

BirkenstockInstagram: Birkenstock Instagram: Birkenstock Instagram: Birkenstock Instagram: Birkenstock Instagram: Birkenstock Instagram: Birkenstock Instagram: Birkenstock Instagram: Birkenstock - Instagram: Birkenstock

"Basicamente, eu estou aqui para comprar as bebidas!", brincou Olivier Reichert, CEO da Birkenstock, dentro de um pavilhão de madeira e ferro feito sob medida dentro das Tuileries, onde os modelos desfilaram as novidades da marca.
 
"Há apenas dois lugares relevantes no mundo para se estar presente como uma marca – Nova York e Paris. Não podemos fazer nada em comparação com Chanel ou Dior, nem as pessoas esperam isso de nós. Então, nosso papel é criar algo assim; tome um drink e deixe as pessoas verem nossa enorme variedade", explicou.

Além dos modelos, uma mesa de 40 metros de comprimento praticamente gemia com sapatos; do seu clássico modelo Arizona de duas tiras em prata, cromo e detalhes dourados; à sua fabulosa Boston clog renovada em peles brilhantes; ou à mais interessante de tudo, a Gizeh Eva com tira na frente em azul, vermelho e amarelo.
 
Birkenstock colaborou com nomes ousados como Heidi Klum, embora Reichert tenha enfatizado que o evento de Paris não previa uma série de links com ícones de moda.

"Estamos na moda como uma marca de bastidores. Todos usam Birkenstock – fotógrafos, cabelereiros, maquiadores, diretores de arte", insistiu Reichert, nascido em Munique, que estranhamente para um alemão prefere o rugby ao futebol.
 
Reichert é o primeiro profissional que não é membro da família a administrar a Birkenstock, que foi fundada por Johan Adam Birkenstock em 1774. Os herdeiros desenvolveram as primeiras palmilhas anatômicas, e as sandálias com estampa de cortiça tornaram-se extremamente populares após a Segunda Guerra Mundial entre os soldados que retornaram, por conta do apoio ortopédico. Embora a marca realmente tenha decolado apenas no final da década de 60, quando Hippies e a geração Flower Power adotaram as sandálias como símbolos de contracultura.
 
Birkenstock agora vende menos de 30 milhões de pares por ano. Reichert disse que as receitas anuais são superiores a meio bilhão de euros, e "continuamos altamente lucrativos". Há uma década, as vendas anuais eram de apenas 120 milhões de euros.

Com sede em Neustadt, a Birkenstock fabrica praticamente tudo na Alemanha e tem mais de 3.800 funcionários.
 
"Estamos esgotados por quatro anos. Esgotados!", Exclamou o entusiasmado alemão, vestindo jeans cinza desbotado, uma camisa preta ajustada e um par clássico de Arizonas, mas com fivelas de ouro pelo lendário Patrick Muff.


Oliver Reichert - Birkenstock

 
"Nós não estamos aqui para nos promover, mas para comemorar com uma festa e mostrar nossas coleções. Nós temos 1.800 modelos – então, mesmo que sua namorada ou esposa não goste de Birkenstock, tenho certeza de que vai encontrar algo para gostar. Estamos sempre atrás de novas ideias. Alguém sugeriu que trabalhássemos com pele de peixe brasileira e agora fazemos isso também. Estamos nas lojas certas. Nosso pedido mais recente na Colette ficou esgotado em três horas", disse Reichert, um ex-executivo de canal de esportivo de televisão que entrou na companhia em 2009.

Seu primeiro trabalho foi resolver uma série de disputas entre membros da família, até 2013, quando ele criou uma nova estrutura corporativa.

"Primeiro eu tive que sofrer na família, porque era uma grande zona de guerra. Os primeiros cinco anos foram ocupados trabalhando na família para limpar esta situação entre os irmãos e o pai. Então, finalmente, o sangue começou a fluir para o cérebro e nós conseguimos tomar decisões. E, hoje, estamos aqui comemorando em Paris!”, comentou.
 

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - CalçadosPersonalidades
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER