Bizturi quer juntar designers e clientes

Os empreendendores João Andrade e Rafael Vaz, na foto, criaram a Chromatikborn, uma startup ligada ao desenvolvimento de software para a indústria da moda, consubstanciado numa solução que ambiciona ser um ponto de encontro para estilistas e clientes e que está operacional desde o início de outubro.


O primeiro produto desenvolvido pela empresa chama-se Bizturi e destina-se à área da comercialização, como adianta a versão online do jornal Dinheiro Vivo. É um marketplace que tem como objetivo vender artigos de moda que estejam nos segmentos premium e de luxo e que trabalha diretamente com marcas e com designers de moda, refere o Dinheiro Vivo.

Na Bizturi há conteúdos sobre designers, sobre o que os inspirou a criar e sobre a marca e em breve estará disponível um blogue dentro da área de cada marca, com conteúdos sobre que podem ser criados quer pelos estilistas quer por terceiros. Para os criadores deste instrumento, não há uma plataforma que trabalhe os segmento de luxo e que crie uma ligação de proximidade entre o designer e o cliente final.

A empresa já tem em vista um novo projeto: a lançar em 2019, tem uma componente disruptiva e um grande potencial, num quadro em que juntar o mercado do luxo com o mercado de comércio eletrónico pode fazer a diferença.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirIndústriaInovações
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER