×
350
Fashion Jobs
Por
Portugal Textil
Publicado em
1 de fev de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Boas perspetivas para o setor do luxo

Por
Portugal Textil
Publicado em
1 de fev de 2021

A crise pandémica provocou a queda mais acentuada dos últimos tempos no mercado de luxo, que registou uma quebra de 9% nas receitas anuais durante o confinamento. As adversidades económicas, contudo, trouxeram mudanças para o setor que deverão desencadear um «crescimento impressionante» nos próximos anos.


©Bloomberg


De acordo com os dados da Finaria.it, as receitas do mercado global de artigos de luxo deverão verificar um crescimento anual de 12,9% e atingir os 322 mil milhões de dólares (cerca de 266 mil milhões de euros) em 2021. A tendência de crescimento manter-se-á nos próximos anos, dado que, em 2023, o mercado de luxo poderá atingir os 366 mil milhões de dólares, o que representa um aumento de 28% para este período de três anos.

Em 2012, o setor de artigos de luxo acumulou uma receita de 213,7 mil milhões de dólares, avança uma análise da Statista, e nos três anos seguintes esse valor subiu 17%, para os 250 mil milhões de dólares. O crescimento prosseguiu em 2019, e este setor obteve receitas de 313,5 mil milhões de dólares.

Apesar do desempenho crescente do setor, a chegada do Covid-19, todavia, gerou perdas de 28 mil milhões de dólares e, mesmo assim, as estatísticas apontam para um crescimento de dois dígitos nos próximos anos, atingindo, desta forma, os 388 mil milhões de dólares em 2025.

Como o maior segmento do mercado, a moda de luxo deverá gerar 107,9 mil milhões de dólares na receita anual de 2021 ou um terço da receita total do ano corrente. Em 2023, as estatísticas preveem que este valor aumente 14%, para mais de 123 mil milhões de dólares.

Com uma receita de 82,9 mil milhões de dólares, os cosméticos e as fragrâncias de prestígio são classificados como o segundo maior segmento do mercado de luxo. Deste modo, esta categoria vai crescer 12,4% nos próximos três anos, atingindo os 93,2 mil milhões de dólares. Seguem-se ainda os relógios e a joalharia, os artigos de couro e os óculos de luxo com 59,3 mil milhões de dólares, 50,6 mil milhões de dólares e 21,1 mil milhões de dólares nas receitas anuais de 2021, respetivamente.

Embora o digital tenha evidenciado um crescimento acentuado, as lojas físicas continuam a dominar as vendas globais de artigos de luxo, com apenas 11% dos gastos totais dos consumidores a terem sido aplicados online em 2020. Até 2023, estima-se que esta percentagem aumente para os 14%.

Análise geográfica

No mercado de luxo, os EUA, a China e o Japão são responsáveis por 45% das receitas deste setor. Em particular, os EUA representam o maior mercado de luxo a nível global, devendo gerar 71,9 mil milhões de dólares este ano. Os EUA irão crescer, segundo as estatísticas, durante os próximos anos e alcançar os 79,2 mil milhões de dólares em 2023.

A China, por sua vez, é o segundo maior mercado a nível global, com as previsões a apontarem para os 52,8 mil milhões de dólares para os próximos três anos.

Já o Japão, referenciado como o terceiro maior mercado de luxo mundial, vai atingir um valor de 30,5 mil milhões de dólares e continuar a aumentar até aos 34,2 mil milhões de dólares em 2023. A França e o Reino Unido surgem logo depois na análise geográfica com 17,1 mil milhões e 13,9 mil milhões de dólares de receitas, respetivamente.

Copyright © 2021 Portugal Têxtil. Todos os direitos reservados.