×
307
Fashion Jobs
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
2 de set. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Boom do luxo masculino impulsionado pelos acessórios e artigos de couro

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
2 de set. de 2022

O mercado global da moda masculina, que passa por por um crescimento anual mais rápido que o feminino e deverá chegar aos 546,9 mil milhões de dólares até 2026 (de acordo com a Euromonitor), está em franca expansão, impulsionado principalmente pela boa saúde das casas de luxo, que investem no segmento de homem. A analista Retviews by Lectra comparou as ofertas das grandes marcas (Armani, Gucci, Saint Laurent, etc.) nos seus sites nos Estados Unidos, para determinar as características da sua estratégia de produto.


Colaboração Louis Vuitton x NBA - DR


Primeira lição: as marcas apoiam-se sobretudo nos acessórios e artigos em pele, que representam uma parte preponderante da sua oferta. Os artigos de couro representam assim 30% da oferta da Saint Laurent e 28% na Louis Vuitton, enquanto os acessórios (joias, óculos de sol, etc.) atingem 37% na Gucci. Do lado do produto, o número de bolsas a tiracolo propostas por estas marcas aumentou 38% num ano.


Divisão da oferta de acordo com os diferentes tipos de produtos - Retviews by Lectra


Com a crise sanitária a alterar os hábitos de vestuário em direção a roupas mais casuais, as peças formais estão pouco representadas. Os fatos representam apenas 8% da oferta da Armani, 9% na Burberry ou 12% na Louis Vuitton. Do lado do calçado, enquanto as sapatilhas continuam populares, mesmo no setor do luxo, onde as marcas assinam colaborações com grandes marcas desportivas, a Retviews observa a forte recuperação dos mocassins em 2022: a presença deste sapato elegante saltou 54% num ano.


Parte dos artigos estão disponíveis em diferentes tamanhos, indicam as marcas - Retviews


A variedade de tamanhos oferecidos também foi analisada: a Retviews destaca uma grande escassez de tamanhos grandes entre estes players do luxo - refletindo a falta de inclusão -, quando se trata de um mercado muito importante do outro lado do Atlântico. “A Burberry e a Prada são as únicas marcas que oferecem uma gama mais ampla de tamanhos, com a Burberry a propor o 3XS e a oferta da Prada a chegar ao 4XL”, indica o estudo.


Preço médio praticado por categoria - Retviews


A analista examinou os preços médios praticados pelas casas de luxo no departamento masculino, observando, por exemplo, que a Burberry, que recentemente subiu de gama, ainda propõe preços inferiores aos da marca de 'luxo acessível' Armani no que diz respeito a roupas de exterior e fatos. 


Diferença de preços praticados de acordo com o país, em comparação com o mercado americano - Retviews


Em relação às diferenças de preços de acordo com os diferentes países, verifica-se que as marcas mais sofisticadas (Prada, Saint Laurent, etc.) praticam preços mais elevados na China do que nos Estados Unidos, ao contrário da Armani. A marca italiana é a que apresenta a maior diferença de preços entre os seus mercados. Note-se que a subida do dólar americano em relação às moedas europeias também explica a diferença de preços entre o mercado americano e, por exemplo, o mercado francês.

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.