×
Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
12 de mar. de 2019
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Brexit: luxo britânico pode perder 6,8 mil milhões de libras em caso de saída sem acordo

Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
12 de mar. de 2019

De acordo com um estudo da Walpole publicado na segunda-feira (11), o luxo britânico, que conta com nomes de prestígio como Burberry e Bentley, pode perder até 6,8 mil milhões de libras por ano em exportações caso o Reino Unido saia da União Europeia sem acordo no dia 29 de março.


Montra da Burberry na Barneys- foto : Barneys


De acordo com o estudo da Walpole, o grupo de pressão da indústria britânica do luxo, até um quinto das exportações britânicas de luxo estarão ameaçadas. "As empresas de luxo britânicas estão determinadas a permanecer na Grã-Bretanha, mas estamos a perder a paciência com um governo que nos encaminha para o 'no deal'", disse Helen Brocklebank, CEO da Walpole. 

"As exportações perdidas pelo luxo britânico custarão à economia britânica cerca de 7 mil milhões de libras e acreditamos que esse dinheiro deve ser usado para fortalecer o país e não enfraquecê-lo. Pedimos que o governo exclua categoricamente qualquer saída sem acordo”, completou Brocklebank.

A Walpole representa 250 marcas de luxo, incluindo Alexander McQueen, Burberry, Bentley, Claridge, Dunhill, Harrods, Glenmorangie, Rolls-Royce e Wedgwood. Cerca de 80% dos artigos de luxo britânicos são exportados e a Europa é o maior mercado do setor.

© Thomson Reuters 2021 Todos os direitos reservados.