×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
2 de set. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Brunello Cucinelli duplica lucro no primeiro semestre

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
2 de set. de 2022

Tudo sorri para a Brunello Cucinelli. Após um primeiro semestre em grande forma, a marca de luxo italiana especializada em caxemira confirma os seus objetivos para 2022, apostando num crescimento anual de 15% (+35 face ao seu nível pré-pandemia de 2019), bem como para 2023, onde a expectativa é encerrar o ano com uma subida de 10%. Também confirma a sua intenção de atingir os mil milhões de euros em faturação em 2024.


A marca italiana aponta para um ano recorde em 2022 - Brunello Cucinelli


Entre janeiro e junho, o seu lucro líquido subiu 131,4%, de 21,9 milhões de euros a 30 de junho de 2021 para 50,6 milhões de euros um ano depois. O resultado operacional (Ebit) também mais do que duplicou, saltando no período de 25,3 milhões de euros para 57,8 milhões. Quanto ao resultado bruto de exploração (Ebitda), este ascendeu a 120 milhões de euros, um aumento de 48,8%, e subiu para 28,9% do volume de negócios total.
 
O volume de negócios  Brunello Cucinelli no primeiro semestre de 2022 atingiram 415,3 milhões de euros, um aumento de 32,4% à taxa de câmbio atual (+28,3% a taxas de câmbio constantes). As suas vendas subiram nomeadamente 52,6% nas Américas, 27,2% na Ásia, 20,7% na Europa e 19,9% na Itália. Também se registou um crescimento nos seus dois principais canais de vendas (+47,1% no canal de retalho e +16% no canal de venda por atacado).

O grupo italiano deu nomeadamente continuidade aos seus investimentos durante os primeiros seis meses do ano, no valor de 36,6 milhões de euros, dos quais 15,05 milhões foram injetados em março na aquisição de uma participação de 43% na histórica fiação Cariaggi Lanificio, a sua principal fornecedora de fios de caxemira para as suas malhas.
 
A empresa comenta em comunicado: "Para 2022, confirmamos plenamente as expectativas de um reequilíbrio absoluto das margens para os níveis 'normais' pré-pandemia, em linha com os resultados dos primeiros seis meses do ano. Continuamos convictos da importância de planear os investimentos para o ano em curso, que contribuíram para os resultados alcançados a 30 de junho de 2022 e continuarão a melhorar a trajetória de crescimento da empresa e da marca, preservando a sua exclusividade e o seu estilo."

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.