×
Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
11 de mar. de 2020
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Brunello Cucinelli regista vendas estáveis no primeiro trimestre em pleno surto de COVID-19

Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
11 de mar. de 2020

O grupo de luxo italiano Brunello Cucinelli, mais conhecido pelas suas camisolas de caxemira, disse que esperava receitas estáveis no primeiro trimestre em comparação com o ano passado, já que a propagação do novo coronavírus compensou um começo forte até 2020.


Photo: Brunello Cucinelli


Quarta-feira dia 11, o presidente Brunello Cucinelli disse a analistas que as vendas na China, onde o grupo opera em 15 lojas, caíram para metade nos dois primeiros meses do ano após o surgimento do vírus em dezembro.

A China representa cerca de 10% da receita do grupo e, depois de fechar 70% das suas lojas locais no auge da crise, todas foram reabertas e as vendas começaram a subir nos primeiros 10 dias de março.

Com a emergência de saúde a espalhar-se para além da Ásia, com 120 países afectados e Itália a lutar em peso para conter a pandemia, Brunello Cucinelli disse que o grupo começou a ver uma desaceleração na Europa, mas não no seu principal mercado, os EUA, e manteve uma estimativa geral positiva para o ano.
 

© Thomson Reuters 2023 All rights reserved.