×
303
Fashion Jobs
DIRETOR(A) INDUSTRIAL
Diretor(a) Industrial
Efetivo · MONACO-VILLE
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
DAMA DE COPAS
Consultora de Lingerie
Efetivo · PORTO
THE KOOPLES
Sales Assistant 16h - Eci Lisbon
Efetivo · LISBOA
EMPRESA DE MODA NO SETOR DO LUXO
Vendedor/a de Loja de Gama Alta
Temporario · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Foz Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Figueira da Foz
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Coimbra cc Forum Coimbra - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo ·
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa cc Chiado - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo · LISBOA
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
12 de mai. de 2022
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Brunello Cucinelli sobre o apoio à Sustainable Market Initiative do Príncipe de Gales

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
12 de mai. de 2022

O último grande nome da moda a dar o seu apoio à Sustainable Market Initiative de Charles, Príncipe de Gales, o herdeiro do trono britânico, foi Brunello Cucinelli, o estilista e patrono empresarial italiano, que disse à FashionNetwork.com o porquê.


Príncipe de Gales, Brunello Cucinelli e Federico Marchetti durante a apresentação do primeiro projeto SMI, no G20 em Roma, no dia 31 de outubro de 2021 - Foto: Cortesia de Brunello Cucinelli - DR


Esta segunda-feira (9 de maio), no Palácio de Buckingham, o Príncipe Charles organizou um jantar para a Sustainable Market Initiative, concebido e presidido pelo próprio Príncipe de Gales. O seu objetivo: construir um esforço global coordenado para permitir ao sector privado acelerar a transição para um futuro sustentável.
 
Um elemento-chave é uma série de grupos de trabalho dedicados a um sector específico: da banca à transição energética para a moda, este último presidido por Federico Marchetti, membro do conselho de administração de Giorgio Armani e antigo CEO da YNAP. Outros membros da Fashion Task Force incluem a Burberry, Chloé, Eon, Gabriela Hearst, Giorgio Armani, Johnstons of Elgin, Moda Operandi, Mulberry, Selfridges, Stella McCartney, The Dubai Mall, Vestiaire Collective e Zalando.

No último desenvolvimento, Cucinelli está a juntar-se à Fashion Task Force cujos objetivos são apoiar a agricultura regenerativa, e apoiar economicamente a produção têxtil local num projecto conhecido como o Himalayan Regenerative Fashion Living Lab. O membro real britânico lançou a Sustainable Markets Initiative no World Economic Forum 2020 em Davos – para orientar e acelerar a transição do mundo para um futuro sustentável, envolvendo e desafiando o público, o privado e os sectores a gerar valor económico em harmonia com a sustentabilidade social e ambiental.
 
Algo empreendedor filantropo, Cucinelli desenvolveu um modelo de negócio de luxo único na construção de uma marca com uma capitalização de mercado atual de 3,7 mil milhões de dólares (3,54 mil milhões de euros). Brunello sediou a sua empresa em Solomeo, uma aldeia medieval esquecida na Úmbria, que transformou numa próspera comunidade de moda; e emitiu generosas quantidades de ações para empregados a longo prazo. Solomeo, cujas pequenas ruas são pontilhadas de citações nas paredes de filósofos e escritores eruditos, atua agora também como um think tank rural onde capitães da indústria e bilionários do Vale do Silício se reúnem para discutir o futuro.
 
Assim, apanhámos Cucinelli no WhatsApp a partir de Solomeo para ouvir o seu pensamento sobre a Sustainable Markets Initiative; o Príncipe Charles; o apreço da realeza por Itália e a razão pela qual os Himalaias se assemelham a Itália.


Brunello Cucinelli - Brunello Cucinelli


FashionNetwork: Porque apoia a Sustainable Market Initiative?
Brunello Cucinelli: Gosto muito do conceito; e admiro realmente Sua Majestade pessoalmente. O Príncipe Charles começou a falar de ecologia e da economia circular há cerca de 40 ou 50 anos. Estava à frente do seu tempo, um homem sábio, muito sábio. Foi quem criou esta Task Force.
 
FNW: Como foi conhecer o Príncipe Charles?
BC: Falámos pela primeira vez no ano passado na cimeira do G20 em Roma. Convidou-nos gentilmente para a Villa Wolkonsky, a Embaixada Britânica em Roma. Eles prepararam uma mesa de sortidos e muitos chás. E eu disse-lhe: "A esta hora do dia, não prefere comer um pouco de pasta alla pomodoro (massa de tomate)?" E comeu!
 
Vou dizer-lhe outra coisa que me impressionou. De regresso a Solomeo, numa videochamada, de repente soaram os últimos sinos do dia, aquilo a que chamamos a Ave Maria, do nosso campanário. E o príncipe disse: "Meu caro amigo, esta é a Itália que eu amo". É realmente um amante da cultura italiana e muito conhecedor da nossa história.
 
Pediu para vir a Solomeo, porque adora a ideia de pessoas que regressam ao trabalho em pequenas aldeias. E esta é uma das razões pelas quais considero este projeto muito grande, pois assemelha-se ao que temos tentado fazer em Solomeo, excepto em pequenas aldeias nos Himalaias. É realmente uma grande ideia e conceito, para regenerar e reparar a terra e para ajudar os animais.
 
FNW: Como funcionará a Fashion Task Force?
BC: Bem, criaram um projeto Himalayan Regenerative Fashion Living Lab e criaram duas empresas, a Reforest Action e a Circular Bioeconomy Alliance, liderada pelo cientista Marc Palahi. O projeto terá a duração de dois anos e terminará no final de 2023. Que iremos ajudar a financiar e apoiar. Também acredito firmemente no conceito de um passaporte da moda. Trabalharemos nestas pequenas aldeias para ajudar a melhorar as condições tanto para os agricultores como para o gado. Iremos plantar árvores e ajudar os agricultores nos Himalaias a produzir algodão, seda e caxemira de forma holística. Espero ir lá em setembro e suspeito que encontrarei uma cultura semelhante à daqui.
 
FNW: O Príncipe Charles começou a usar Cuccinelli?
BC: Ainda não, mas talvez um dia. Penso que se alguma vez o visitar, poderá encontrar muito para vestir! É realmente muito refinado e chique e amável. Adoro-o e às suas ideias e à sua maneira principesca de ser e de estar.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.