×
357
Fashion Jobs
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
FARFETCH
Account Manager (Italian Speaker)
Efetivo · PORTO
LION OF PORCHES
Copywriter
Efetivo · MINDELO
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
ISADORA LIMARE
Communication Assistant
Estágio · LISBOA
ISADORA LIMARE
Digital Marketing Assistant
Estágio · LISBOA
ISADORA LIMARE
Community Manager
Estágio · LISBOA
ISADORA LIMARE
Sales Assistant
Estágio · LISBOA
Por
Agência LUSA
Publicado em
17 de mai. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Burkina Faso exibe semana da moda contra reputação ligada à violência

Por
Agência LUSA
Publicado em
17 de mai. de 2022

Dezenas de estilistas, a maioria africanos, animaram a semana da moda do Burkina Faso, país que se quer tornar um centro emergente para o setor da moda, apesar da sua reputação devido ao terrorismo e ao golpe de Estado.


Fotografia: Facebook Ouaga Fashion Week


Roupas vibrantes, tradicionais e contemporâneas, foram exibidas nas passerelles de Ouagadougou, a capital, algumas das quais numa rua movimentada do centro da capital, onde os residentes se alinharam para ver passar os modelos, relata a agência Associated Press (AP).

A terceira Semana da Moda Ouaga, a primeira desde a interrupção provocada pela pandemia, terminou no domingo, um dia após ataques armados fazerem 40 mortes no norte e leste do Burkina Faso.

Ao longo dos quatro dias que durou o certame, cerca de 35 estilistas, escolhidos de entre 200 candidatos, revelaram as suas criações na capital do Burkina Faso.

Pela primeira vez, a maioria dos costureiros, cerca de 75%, era burquinabés, mas havia também estilistas provenientes de outros países da região da África Ocidental e da Europa, disse o diretor do evento, Alex Zabsonre, citado pela AP.

“O Burkina Faso é um dos países africanos que tem muito potencial no que diz respeito à moda… Foi por isso que criei este projeto, para expor estilistas do Burkina e torná-los reconhecidos a nível internacional”, disse.

Muitas das peças apresentadas eram feitas de faso dan fani, um tecido de algodão tradicional e feito à mão no Burkina Faso que Zabsonre diz já ter sido usado por celebridades como a cantora Beyoncé ou a estilista Stella McCartney.

O país é um dos 10 maiores exportadores de algodão do mundo e representa cerca de 3% das exportações globais desde 2000, segundo a ONU.

Desde 2017, a União Europeia (UE) doou 10 milhões de dólares (9,6 milhões de euros) ao Projeto Ethical Fashion (Moda Ética), que criou centenas de empregos para mulheres marginalizadas e ajuda a profissionalizar o setor ao ligar estilistas e produtores do Burkina Faso a conhecidos profissionais de moda e decoração de interiores, disse Wolfram Vetter, embaixador da UE no país, citado pela AP.

FPA // VM (Lusa)

Copyright © 2022 Agência LUSA. Todos os direitos reservados.