×
303
Fashion Jobs
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
PEPE JEANS (RETAIL)
Vendedor / Vendedora - Coimbra
Efetivo · COIMBRA
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa - CDI - Part-Time - 30h - m/h
Efetivo · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Madeira Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Funchal Rua - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Alma Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - CDD 15h - 6 Meces - Porto Norte H/F
Temporario · SENHORA DA HORA
Publicado em
15 de mar. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Buzina e Béhen com propostas diferenciadas de reutilização na ModaLisboa

Publicado em
15 de mar. de 2022

“O que quer que vista vou ser criticada, por isso mais vale vestir o que quero" (Princesa Diana), é o lema da coleção da Buzina para a estação de outono-inverno 2022/2023, que explora as mais recônditas vontades da mulher. Já a Béhen mantém-se "a bordar histórias de uma vida em cada look, continuando a explorar técnicas ancestrais numa missão de proteção dos artesãos portugueses", diz a ModaLisboa no site, sem descurar o tempo de guerra, em que Joana Duarte – a designer da marca Béhen – evoca outras guerras e gerações anteriores. Duas coleções díspares com pontos comuns como a reutilização. 


Silhueta romântica e descontraía da Buzina - Facebook: ModaLisboa


A marca Buzina de Vera Fernandes usa a moda como simbolismo nesta coleção, que explora a "mulher no seu papel máximo, nos seus múltiplos refúgios, nas suas mais recônditas vontades. A princesa que só queria ser confundida no meio da multidão, um ícone que influencia o papel feminino até aos dias de hoje" diz a Associação ModaLisboa no site onde apresenta os designers e o tema exploratório das suas novas propostas. 

A Buzina foi buscar o romantismo, em especial aos looks dos anos 80 ostentados pela princesa de Gales, ainda presos à sua ingenuidade e idealismo (ou sonho), que o tempo enforteceu e sofisticou. Numa paleta de vermelho, laranja, magenta, fúcsia, beterraba, pontuada de branco e amarelo ouro.


O vermelho Lady Di da Buzina - Facebook: ModaLisboa


Os muitos folhos e franzidos; mangas em balão, laços ou fitas; cortes de vestidos abaixo da cintura; saias curtas, abaixo do joelho ou compridas; golas subidas ou decotes; longas calças apertadas nos tornozelos; ou grandes casacos em casulo, mostram a abertura à moda e ao design da eterna princesa, que ainda hoje inspira.

Gestos soltos pela liberdade do movimento em formas largas variadas, que tanto insinuam (e até evidenciam), como disfarçam o desenho da sensualidade no corpo feminino. Como a noblesse oblige.


A Béhen foca a guerra num tempo de várias gerações - Facebook: ModaLisboa


Por sua vez, a Béhen foca a guerra que tem assolado várias gerações com o título sugestivo "Adeus, até ao meu Regresso", o qual ficou na memória dos portugueses por ocasião das duas primeiras guerras mundiais e guerras coloniais.

Avizinhando-se agora uma potencial terceira, porventura a ser descurada, a Béhen faz o alerta na própria coleção, que "explora a despedida na concretização do seu conceito – na esperança latente e na consciência de um fim irreversível – e não no abstratismo corrente", salienta também a ModaLisboa.


A Béhen e o folclore do leste misturado a motivos tradicionais portugueses e bordados da Madeira - Facebook: ModaLisboa


"Em cada coordenado está a história de quem partiu, de quem deixou e de quem se deixou ficar. São ondas secas e quentes que ainda abalam os alicerces de uma família despida, geração após geração, pela guerra e pela emigração. Sobre o objeto, único sobrevivente material da perda, recai o peso simbólico de um país, do amor e da esperança. Um lenço branco, a ponta de um lençol, um enxoval roubado", explica melhor a Béhen, que acaba por ressalvar o folclore dos povos russo e ucraniano, supostamente irmãos, como somos todos. 
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.