×

Bvlgari abre primeiro hotel em Roma

Por
Ansa
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
2 de jul de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

A Bvlgari anuncia a abertura do novo Hotel Bvlgari, em Roma, na Piazza Augusto Imperatore, cuja abertura já está agendada para 2022. Esta unidade hoteleira vem juntar-se à coleção da marca de luxo que inclui seis hotéis distribuídos por Bali, Dubai, Londres, Milão, Pequim e Xangai. E que, entre 2021 e 2023, prevê outras inaugurações, como sejam em Moscovo, Paris e Tóquio.


A coleção daBvlgariinclui seis hotéisdistribuídos porBali, Dubai, Londres, Milão, Pequim eXangai, prevendo entre 2021 e 2023, inaugurações em Moscovo, Paris, Romae Tóquio


A nova jóia hoteleira da Bvlgari ocupará um edifício, propriedade da Edizione Property, que foi aconselhado pela equipa de especialistas da CBREHotels. O estúdio de arquitectura milanês, Antonio Citterio Patrícia Viel, será responsável pela concepção arquitectónica e design de interiores do hotel com 114 quartos (na maioria suites); restaurante Niko Romito, com curadoria do chef estrela Michelin; bar Bvlgari; e Spa de 1.000 metros quadrados, com piscina interior e ginásio.

A histórica Piazza Augusto Imperatore é formada por três palácios construídos pelo arquiteto Vittorio Ballio Morpurgo, na década de 1930, durante o regime fascista, para comemorar os 2.000 anos da morte do imperador romano Augusto. Para as obras, foram demolidas cerca de 120 estruturas barrocas e o chamado Auditorium Augusteo, que ficava acima das ruínas do mausoléu do referido imperador, sendo uma referência internacional por causa da acústica perfeita.

Atualmente, no centro da Piazza Augusto Imperatore, conserva-se o Mausoléu de Augusto e, na lateral oeste, o Museu Ara Pacis, construído para abrigar o Ara Pacis, o famoso Altar da Paz para cuja iluminação a Bvlgari doou uma soma muito significativa. 


O novo hotel da Bvlgari, inaugurará em 2022, na histórica Piazza Augusto Imperatoreem Roma


O edifício, construído entre 1936 e 1938, com risco do arquitecto Vittorio Ballio Morpurgo, distingue-se pelo estilo estilístico modernista da época e desfruta de vista para o Ara Pacis e o Mausoléu de Augusto, atualmente a ser restaurado. Para este efeito, a Bvlgari anuncia uma doação de 120.000 euros que reverterá para a renovação da iluminação do Ara Pacis, através de um acordo assinado com a Roma Capitale.

A contribuição da Bvlgari vem juntar-se aos fundos da Roma Capitale e permitirá à Sovrintendenza Capitolina ai Beni Culturali - Roma Capitale, levar a cabo a renovação completa do complexo do museu, que custará 200.000 euros.

Por curiosidade, o Ara Pacis é um altar dedicado ao imperador romano Augusto que foi inaugurado a 30 de janeiro de 9 a.C., em honra da deusa Pax (Paz), para celebrar o período da Pax Romana. Esta obra-prima da arquitectura romana, encontra-se no Museu do Ara Pacis que pertence ao Sistema dei Musei na Comuna de Roma.
 

Copyright © 2020 ANSA. Todos os direitos reservados.