CES anuncia futuro

De 7 a 12 de janeiro, a CES, maior feira de tecnologia do mundo, regressou a Las Vegas para desvendar o que o futuro reserva à humanidade nos campos da inteligência artificial, realidade virtual, realidade aumentada, etc. O retalho esteve em destaque na edição.


A mais recente edição da Consumer Electronics Show (CES), evento que há 50 anos toma conta de Las Vegas por uns dias, recebeu mais de 180 mil participantes e contou com a participação de mais de 600 empresas.

Uma das novidades mais partilhadas nas redes sociais foi desenvolvida por Giles Walker e procurou criticar o voyeurismo da sociedade atual. Dois robots humanoides com câmaras CCTV na cabeça dançaram no varão de um bar de striptease em Las Vegas e tornaram-se virais.

Não obstante, ainda que os robots tenham sido as estrelas da feira, os retalhistas mereceram a maioria das atenções, com a adição de dois novos programas: a High-Tech Retailing Summit e o Retail Innovation Lounge.

Retalhistas inovadores

Prova de que os retalhistas são os derradeiros inovadores, a primeira High-Tech Retailing Summit resumiu-se a quatro horas de conteúdo específico para o retalho, explorando a interseção entre o sector e a tecnologia – sobretudo para oferecer um serviço melhorado e uma experiência de compras integrada ao cliente.

Muitas das apresentações detalharam como a inteligência artificial (IA) e a realidade aumentada (RA) estão a ajudar os retalhistas a desenvolver experiências mais personalizadas nas lojas e online e, por outro lado, a promover uma relação mais próxima com os clientes.

O programa da cimeira explorou também como a categoria de beleza está em crescendo num momento particularmente desafiante para o retalho, sobretudo porque retalhistas como a Sephora e marcas como a L’Oréal estão a adotar tecnologias de realidade aumentada.

A voz é tudo

Graças à Alexa, a popularidade dos assistentes de voz escalou em 2017. A tecnologia da Amazon já foi a estrela da CES em edições anteriores, mas, em 2018, há novos jogadores – com a Google a aquecer para ganhar a corrida da inteligência artificial à Amazon.

«Os assistentes de voz são um dos principais temas da CES 2018 – não só porque temos muitos mais produtos e gadgets, mas também porque as interfaces conversacionais e os ecossistemas de inteligência artificial associados são o novo campo de batalha entre os gigantes digitais», revelou Thomas Husson, vice-presidente e analista da Forrester, ao Retail Dive.

Os campos de batalha estão a ser desenhados entre a Amazon e a Google até porque, combinados entre as duas empresas, já foram vendidos cerca de 30 milhões de dispositivos assistidos por voz. Há outros assistentes inteligentes – a Samsung tem a Bixby e a Microsoft tem a Cortana –, mas, comparativamente, ambos deixam a desejar.

A estrada dos veículos autónomos

Entre protótipos e modelos já aptos para tomar conta das ruas, a Hyundai desvendou na CES a sua visão do carro do futuro – o modelo traz um painel holográfico que serve como assistente pessoal e conversa com o utilizador, permitindo ainda assistir a vídeos e aceder a informações durante a viagem. Se o piloto decidir assumir o controlo do veículo, é colocado um volante à frente do motorista.

Nos últimos anos, várias empresas testaram pequenas frotas de veículos autónomos em ambiente citadino. Porém, até aqui, sempre com um ser humano atrás do volante para assumir o controlo do carro caso a tecnologia falhasse. Uma das principais discussões durante a CES foi precisamente essa, retirar os humanos da condução. A Toyota anunciou que irá apresentar o seu modelo completamente autónomo em Tóquio, em 2020, e a Ford declarou a sua intenção de ter um carro completamente autónomo em produção já a partir de 2021. Com o objetivo de reduzir os tempos de entrega, a Ford anunciou, entretanto, uma parceria com a conhecida pizzaria Domino’s para entregas autónomas ao domicílio e a Toyota fez o mesmo com a Pizza Hut. Fora do segmento alimentar, empresas como a Amazon estão a tomar a iniciativa de usar frotas de veículos autónomos para entregar encomendas.

Copyright © 2018 Portugal Têxtil. Todos os direitos reservados.

Moda - DiversosSalões de Moda
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER