×
Publicado em
8 de jan de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Calçado “estica as pernas” depois de um 2020 em confinamento

Publicado em
8 de jan de 2021

Depois de, em 2020, se inspirar no passado para traçar o futuro da indústria, na campanha promoção do calçado português deste ano a APPICAPS (Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos) remete para a ideia de recomeço, para um novo ciclo depois de um ano de desafios.  
 

Em 2021 a campanha Portuguese Shoes é protagonizada por bailarinos e modelos portugueses - Fotografia: Frederico Martins


Fotografada por Frederico Martins e protagonizada por bailarinos e modelos portugueses, a campanha Portuguese Shoes 2021 representa um setor que “estica as pernas depois de um ano de recolhimento”, forçado ao confinamento pela pandemia. Agora, sublinha a associação do calçado em comunicado, “é tempo de esticar as pernas, correr, dançar e dar um salto no ar para ganhar perspetiva”, garantindo: “Em 2021 vamos dar um salto no ar, de pés juntos, em direção ao futuro.”
 
Luís Onofre, à frente da APICCAPS desde 2017, sublinha no entanto que, “realisticamente, 2021 será ainda um ano muito exigente, com várias variáveis que não dominamos”. Em comunicado, o presidente da associação realça: “Fazer previsões nesta altura seria sempre imprudente. Mas, o calçado português, estando ciente das dificuldades, procurará valorizar os seus principais argumentos: criatividade, capacidade produtiva e resposta eficiente às solicitações do mercado.” 


A nova campanha do calçado português pretende refletir um setor que “estica as pernas depois de um ano de recolhimento” - Fotografia: Frederico Martins


Para fazer frente a uma realidade que tem dificultado a promoção internacional do setor, em setembro de 2020 a APICCAPS lançou o Portal Portuguese Shoes, “o mais completo portefólio digital da fileira do calçado em Portugal”.
 
Incertezas aparte, a APICCAPS sublinha que “a indústria portuguesa de calçado continua a ser um valor seguro, uma referência de qualidade para o mundo”, assentando sobre a experiência dos cerca de 40 mil artesãos que produzem o calçado que Portugal exporta para 163 países. 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.