×
Publicado em
29 de nov. de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Calçado português de olhos postos nos EUA

Publicado em
29 de nov. de 2017

A nova campanha de promoção do calçado português foi pensada para novos consumidores e mercados.  Assumindo uma linguagem mais jovem, a campanha Portuguese Shoes 2018 tem os Estados Unidos como mercado-alvo.

Campanha Portuguese Shoes 2018


Confirmando as intenções reveladas em outubro, a APPICAPS (Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos) mantém a mira direcionada para o outro lado do Atlântico. Luís Onofre, presidente da associação, adiantou na altura que os Estados Unidos são “a primeira das prioridades” para o setor, por serem o “maior importador de calçado do mundo, o país de todas as oportunidades”.
 
Fotografada na Madeira, a nova campanha tem como protagonistas sete rostos da nova geração da moda nacional. Alécia Morais, Francisco Henriques, Isilda Moreira, João Lima, Maria Clara, Maria Rosa e Ricardo Gomes foram fotografados num ambiente que cruza o setor do calçado com outros setores importantes da economia portuguesa, como o vestuário, a ourivesaria e o turismo. O objetivo é, explica a APPICAPS em comunicado, “transmitir um retrato global de Portugal no exterior”.
 
No comunicado, a APICCAPS revela ainda que o comércio externo é “a principal prioridade para a indústria portuguesa de calçado, que exporta mais de 95% da sua produção, para 152 países, nos cinco continentes, o equivalente a 81 milhões de pares de calçado, num valor próximo dos 2.000 milhões de euros”.

O lançamento das campanhas de comunicação do calçado português nos mercados externos aconteceu há dez anos. Desde então, a APICCAPS tem vindo a divulgar o setor sob a designação “The Sexiest Industry in Europe” e recorrendo a campanhas alicerçadas no logótipo Portuguese Shoes.
 
E os resultados não demoraram a aparecer: ao longo da última década, revela a APICCAPS, “as exportações portuguesas de calçado cresceram mais de 60%, atingindo um novo máximo histórico no final do último ano”. Além disso, “o preço médio do calçado exportado aumentou cerca de 30% e Portugal apresenta, hoje, entre os principais produtores mundiais de calçado, o segundo maior preço médio de exportação”.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.