×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
25 de ago. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Camille Miceli é a nova designer da Emilio Pucci

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
25 de ago. de 2021

Os detalhes vão ficando mais claros no que diz respeito ao relançamento da Emilio Pucci. Em junho, a LVMH conquistou a participação de 33% necessária para assumir totalmente a casa italiana, da qual detinha a maioria desde 2000, e não perdeu tempo. O grupo de luxo procurou entre os seus talentos o perfil ideal para relançar a marca histórica e encontrou-o em Camille Miceli.


Camille Miceli - LinkedIn


De acordo com algumas fontes, a francesa deverá assumir em breve a direção artística da Emilio Pucci. A LVMH não quis comentar. Com as suas competências, o seu percurso rico e a sua personalidade, a criadora tem todos os trunfos para assumir a marca florentina, conhecida pelos seus estampados vintage coloridos e as suas peças em jerseyde seda, que está sem diretor artístico desde 2017 e tenta há várias temporadas relançar-se.
 
Pouco conhecida do grande público e autodidata, Camille Miceli faz parte do mundo da moda há mais de 30 anos, tendo trabalhado lado a lado com os maiores nomes da indústria, de Azzedine Alaïa a Karl Lagerfeld, Marc Jacobs ou Nicolas Ghesquière, passando brilhantemente das relações públicas para a criação de acessórios.

De origem francesa por parte de mãe e italiana do lado paterno, conhecida pela sua elegância, a criadora entrou na moda muito jovem através de um estágio na Alaïa. Após obter o seu baccalauréat, ao finalizar o ensino secundário, ingressou na Chanel, que não perdeu tempo em confiar-lhe um cargo na assessoria de imprensa, onde permaneceu durante oito anos. Em 1997, integrou a Louis Vuitton como diretora de comunicação, no momento em que Marc Jacobs estava prestes a lançar o pronto-a-vestir da maison. Uma experiência decisiva para Camille Miceli.

Envolvida em todos os aspetos criativos, da organização dos desfiles à construção da imagem moda da marca, a jovem esteve na primeira linha deste importante projeto para a Louis Vuitton. Após cinco anos, deixa a comunicação para assumir uma nova função. Impulsionada pelo seu mentor Marc Jacobs, fica responsável pela joias de fantasia.
 
Apaixonada por arte e cheia de talento, Camille Miceli ingressou na Christian Dior sete anos depois, onde manteve a mesma função, ficando, além das joias, também responsável pelos artigos de couro. Após quatro anos na Dior, onde conviveu com John Galliano e depois com Raf Simons, a designer voltou para a Louis Vuitton em 2014 como diretora de criação de acessórios (joias, óculos e pequenos artigos de couro).

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.