Camper e Ecoalf unem forças em colaboração de calçado sustentável

Quando dois importantes players da moda espanhola se unem para um projeto conjunto que respeita o meio ambiente e expande os limites da inovação, isso só pode ser uma boa notícia. A Camper e a Ecoalf apresentam uma nova versão do icónico modelo de sapatilhas "Pelotas", segundo confirmou a empresa de calçado de Maiorca num comunicado.


Um dos pares que fazem parte desta colaboração - Camper

O modelo "Pelotas" reinventa-se com "nylon, cordões e forros 100% reciclados" para a coleção outono-inverno 2019 da Camper juntamente com a marca de moda sustentável. Desde esta terça-feira, 9 de julho, estão disponíveis três referências unissexo (em preto, azul marinho e branco creme) numa seleção de lojas Camper, nas lojas da Ecoalf e nas suas respetivas lojas online.
 
"A nova colaboração com a Ecoalf apresenta tecidos e fios inovadores provenientes de garrafas plásticas reutilizadas, sobras e resíduos pós-industriais reutilizados", pode ler-se no documento.
 
De acordo com a marca de calçado fundada em 1975, este modelo é até hoje "o calçado da marca mais respeitoso com o ambiente". A Camper comprometeu-se a doar dois euros para cada par vendido à Fundação Ecoalf, que tem como objetivo limpar os oceanos de detritos marinhos e dar aos resíduos plásticos um novo uso graças à reciclagem e à economia circular, tudo em colaboração com pescadores de Espanha e da Tailândia.

A Camper também contribuiu para reduzir o impacto ambiental dos seus produtos. O primeiro design da marca, criado em 1975, foi elaborado com pneus de camiões, lonas de transporte e sobras de couro recicladas, enquanto o seu modelo “Wabi”, lançado em 2000, utilizava apenas três materiais para simplificar o fabrico e reduzir os resíduos.
 
Atualmente, a Camper está presente em 400 lojas em cerca de 40 países. De acordo com os últimos dados divulgados, correspondentes ao seu exercício de 2013, a sua faturação ascendeu a 204,8 milhões de euros.

A Ecoalf, marca sustentável fundada em 2009 por Javier Goyeneche, utiliza nas suas coleções garrafas de plástico, pneus usados, redes de pesca, grãos de café e algodão e lã recuperados. Atualmente conta com quatro lojas próprias: em Madrid, Barcelona, Málaga e Berlim. Desde 2017, o fundo luxemburguês Manor Group possui 65,9% da empresa. Segundo informações do registo comercial espanhol, nesse ano a Ecoalf faturou 4,13 milhões de euros, o equivalente a um aumento de 14,7% em relação ao ano anterior.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - CalçadosDistribuiçãoColeção
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER