×
371
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

CFDA e PVH apostam na diversidade com novo relatório para a indústria da moda

Por
AFP-Relaxnews
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 8 de jan de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

A diversidade é um tema muito em alta na indústria da moda atualmente e o Council of Fashion Designers of America (CFDA) leva o assunto a sério.


AFP


A organização uniu-se à gigante da moda PVH Corp, proprietária de marcas como Calvin Klein e Tommy Hilfiger, para explorar o tema da inclusão e diversidade em todo o setor da moda nos Estados Unidos. O resultado é um extenso relatório batizado "Insider/ Outsider", que abrange todas as áreas de inclusão e diversidade, como habilidades, idade, sexo, raça, etnia e orientação sexual.

"Estamos a pedir aos nossos colegas, pares e consumidores para que tornem a moda americana mais inclusiva e diversificada", diz a introdução ao relatório. "Inclusão e Diversidade (I&D) estão ligadas. Se a diversidade é a linha, então a inclusão é a agulha”.

De acordo com um questionário realizado como parte da pesquisa, numa escala de 1 a 5, 41% dos funcionários de nível executivo de empresas de moda classificaram a sua organização como 3 em termos de diversidade (diferença). No entanto, 56% frequentaram um curso ou workshop profissional relacionado a I&D no local de trabalho no passado.

O CFDA e a PVH comprometeram-se a concentrar esforços para tornar a indústria da moda dos Estados Unidos mais inclusiva e diversificada. "Em 2019, o CFDA continuará o trabalho que temos feito na área de Inclusão e Diversidade. O foco do trabalho será em Peer-to-Peer MentorshipBusiness Networking OpportunitiesEducational Programming Leadership Skillset Training. Na PVH, iremos aprimorar os nossos programas de educação e conscientização, bem como ampliar os nossos Conselhos de I&D e Grupos de Recursos Empresariais. Iremos continuar a colaborar com parceiros externos para ajudar a promover um ambiente coletivo inclusivo e diversificado no nosso próprio local de trabalho e em toda a indústria.”

No ano passado, várias grandes marcas de moda investiram em diversidade. Em novembro, o conglomerado de luxo Kering foi homenageado pelo seu compromisso com a igualdade de género com o prémio "The Most Feminine Board of Directors Award’’ (Conselho de Administração Mais Feminino) da European Women on Boards (EWoB) e Ethics & Boards, enquanto a gigante sueca de fast fashion H&M nomeou o seu primeiro diretor de Inclusão & Diversidade para a América do Norte no mesmo mês. E, de acordo com o mais recente relatório de diversidade do The Fashion Spot, a temporada de passarelas da primavera de 2019 foi a mais diversificada até o momento, em termos de elenco de modelos.

Copyright © 2019 AFP-Relaxnews. All rights reserved.