×
374
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Chanel estreia-se na Tmall com pré-vendas promissoras

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 15 de jul de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Lançado em 2017 pelo grupo chinês Alibaba, o segmento de luxo da plataforma de vendas, Tmall Luxury Pavilion, tornou-se um destino quase fundamental para as marcas que desejam aumentar a sua presença no mercado chinês. A Chanel, apesar de muito relutante em vender pela internet, aderiu à plataforma.


Interface da Chanel na aplicação do Tmall Luxury Pavilion - © Tmall


A chegada da Chanel Beauté à Tmall marca uma nova etapa para a marca francesa. A política de comércio eletrónico da marca, um canal utilizado apenas para a venda dos seus cosméticos e perfumes, obrigava a clientela asiática a visitar o site oficial da Chanel.

Este lançamento da marca francesa de luxo na plataforma chinesa será realizado realizado em duas etapas. O Tmall Luxury Pavilion irá oferecer a linha de cuidados para a pele, maquilhagem e fragrâncias da Chanel no próximo mês, mas as pré-vendas já começaram a 5 de julho. "Em apenas três dias de pré-venda, a nossa loja Chanel tem atraído milhares de assinantes. Estamos ansiosos por estabelecer esta parceria que nos permite expandir os limites do e-commerce de luxo”, declarou Mike Hu, gerente geral de bens de consumo da Tmall.

Em 2018, o crescimento da marca francesa foi impulsionado pela região Ásia-Pacífico, que já responde por 42,4% das vendas da Chanel. As vendas nesta área aumentaram 19,9% no ano passado, quando o crescimento global foi de 10,5%.

Tmall Luxury Pavilion conta com um portefólio de 114 marcas que variam desde roupas (Valentino, Burberry) a carros de luxo (Maserati), cosméticos (La Mer, Giorgio Armani Beauty, Tom Ford Beauty) e acessórios (Rimowa, Tod's).

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.