×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
4 de set. de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Chanel irá apresentar desfile da sua coleção Métiers d’Art em Nova Iorque

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
4 de set. de 2018

Depois de Roma, Paris e Hamburgo, a Chanel irá desembarcar no continente americano, em Nova Iorque, no dia 4 de dezembro, para apresentar a sua coleção 2018/19 Métiers d'Art. Este ano, o diretor artístico Karl Lagerfeld escolheu o Metropolitan Museum of Art, um museu de prestígio localizado na Quinta Avenida, para sediar o evento.


O "Met" vai sediar o próximo desfile Métiers d’Arts da Chanel - DR


O Met, como é conhecido, é um dos maiores museus do mundo e abriga quase 250 mil obras de arte de todo o mundo, cobrindo um período de 5 mil anos. O espaço recebe regularmente exposições relacionadas com a moda, como a atual "Heavenly Bodies: Fashion and the Catholic Imagination” (“Corpos Celestiais: Moda e a Imaginação Católica”).

Karl Lagerfeld escolheu mais uma vez um lugar emblemático da cultura para apresentar a sua coleção Métiers d'Art, assim como fez no ano passado, quando a exibiu no espetacular Elbe Philharmonic em Hamburgo, na Alemanha, um edifício vanguardista projetado pelos arquitetos suíços Jacques Herzog e Pierre de Meuron.

A marca parisiense de luxo explicou num comunicado que Karl Lagerfeld é muito ligado à megalópole americana, que escolheu no passado para realizar várias campanhas publicitárias. Também já organizou dois desfiles de moda na cidade: um com a coleção Métiers d'art "Paris-Nova Iorque", em dezembro de 2005, na loja da Chanel localizada na 57th Street, e outro da coleção Cruise de 2006, sob a imponente abóbada da estação Grand Central.
 
Nova Iorque é também um destino ligado à história da marca propriedade da família Wertheimer, pois Gabrielle Chanel esteve na cidade pela primeira vez em 1931 e, como lembrou a marca, "ela poderia mensurar o seu sucesso em grandes armazéns desde a criação dos seus primeiros chapéus em 1912".
 
Este desfile Métiers d’Art, que se realiza uma vez por ano, foi lançado em 2002 para destacar o savoir-faire excecional dos artesãos que trabalham para a Chanel, incluindo as bordadeiras da Maison Lesage e do Atelier Montex, o plumassier (artesão de penas) Lemarié, o sapateiro Massaro ou ainda a chapeleira e modista Maison Michel.
 
Com o diretor criativo Karl Lagerfeld, "esses artesãos do impossível", como a maison os chama, "assumiram com sucesso o desafio da modernidade e da continuidade, permitindo que o seu legado artístico prosperasse”.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.