×
316
Fashion Jobs
SACOOR BROTHERS
Brand Manager (m/f)
Efetivo · Lisboa
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- c. Comercial Ubbo Alfragide
Efetivo · Lisboa
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo · Porto
SALSA
Conversion Rate Optimization Specialist – Otimizar a Experiência de Compra no Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
HR Specialist - Gbs Operations - General Admin (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Project Manager - Fulfilment Programs (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Scm Products - Product Supply / Fulfillment (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - Mobility (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Gbs HR Services (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Procurement Manager (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sap sd (Afs & s4/Hana) (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Scm Products - Product Supply Primary Data (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Supply Chain Management Products - Tms Integration (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Project Manager Supply Chain (M/F/D)
Efetivo · Porto
SALSA
Marketplaces Account Manager - Oportunidade de Contrubuir Para a Internacionalização da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior HR Specialist - HR Systems Support (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist - Systems Support (M/F/D)
Efetivo · Porto
FOREO
Marketing Manager - Portugal
Efetivo · Lisbon
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
7 de jul. de 2022
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Chanel regressa aos anos 30 no seu desfile de alta costura

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
7 de jul. de 2022

A Chanel Haute Couture regressa à década de 1930, revisitando o período e dando-lhe uma reviravolta jovem, equestre e western num desfile organizado numa ensolarada terça-feira (5 de julho) no clube de equitação privado Étrier de Paris.

 


Um desfile cujo fio condutor foi a homenagem à coleção de joias Bijoux de Diamants de 1932 de Coco Chanel, atualmente objeto de uma exposição temporária de seis dias no Grand Palais Éphémère.

Uma exposição composta por peças de joalharia de alto valor estimado em várias dezenas de milhões de euros, apresentada na novíssima decoração desenhada pelo artista francês Xavier Veilhan. Uma encenação que traz um toque equestre a esta exposição, com os modelos a desfilarem num paddock no coração do Bois de Boulogne.

Os convidados foram recebidos numa atmosfera imaginada por Xavier Veilhan, constituída por relógios gigantescos falsos, comprimidos medicinais e Zeppelins, antes de se deslocarem para a areia branca recentemente espalhada para a ocasião. Uma cena adequada para as estrelas da primeira fila, que assistiram aos dois desfiles da manhã, tais como Sigourney Weaver, Soo Joo Park, Elsa Zylberstein, Marion Cotillard, Maggie Gyllenhall, Keira Knightly e Anna Mouglalis.
 
Há um regresso às proporções da década de 1930, com saias e casacos com golas quadradas, não muito próximos do corpo e muitas vezes desabotoados. Na coleção encontramos lãs bouclé clássicas, atualizadas em tons de areia bege, framboesa escura, cal brilhante, verde Castleton e aveia brilhante. Como na magnífica roupa composta por um casaco com quatro bolsos inclinados e calças de jogging usadas sem botas, e à volta do pescoço um colar representando duas asas.


Chanel - outono-inverno 2022/2023 - Haute Couture - Foto: Chanel - Photo: Chanel


A parte central do desfile foi mais lenta, com a densidade dos casacos listrados horizontalmente a pesar consideravelmente os modelos. Com todas estas super-modelos com botas de slant-heel e chapéus de cowboy floppy, quase se teve a impressão de ser um extra de Dallas.

De repente voltam as saias super brilhantes e cambiantes com a luz, um casaco de lã em rosa claro perfeitamente tricotado e um soberbo casaco Eisenhower com mangas extra grandes em bouclé de lã Chanel.

De seguida, uma série de vestidos de festa em chiffon preto, o tipo de look super elegante apenas encontrado na alta costura parisiense. Pingentes de diamantes em meia lua, pulseiras estreitas e extraordinário colar de gargantilha, que dava duas voltas no pescoço, tudo isto integrado na exposição 'Bijoux des Diamants' do 90.º aniversário da maison.

"Foi uma manhã muito movimentada, pois só entregaram as joias duas horas antes do desfile", disse a diretora criativa da Chanel, Virginie Viard. Antes do desfile, apresentou um teaser dirigido por Veilhan e filmado no clube equestre, estrelado pelo seu músico favorito, Sébastien Tellier, pela embaixadora Charlotte Casiraghi e pela modelo Vivienne Rohner, no qual todos interagiam com a paisagem real e virtual.


Chanel - outono inverno 2022/2023 - Haute Couture - Foto: Chanel - Photo: Chanel


"O meu ponto de partida foi 1932 e toda essa época. Em parte porque os seus elementos gráficos e construtivistas funcionam muito bem com a Chanel. Em termos de cores, sempre adorei o verde, por isso gravámos todo o filme contra um fundo verde, mas falso. As modelos estavam dentro do que parecia um carro, mas não era", sorriu Viard.
 
Mas acima de tudo, seja qual for a preferência, todo o desfile de moda exalou totalmente a Chanel de todos os poros, tendo Virginie Viard tido em conta o facto de que o cliente de hoje quer comprar roupas que digam inequivocamente que são feitas pela Chanel, com uma pitada inteligente de juventude. Além disso, é uma estratégia que está claramente a encontrar uma audiência, já que a receita da Chanel cresceu quase 50% em 2021, para 15,6 mil milhões de dólares (15,29 mil milhões de euros).

Dito isto, foi difícil compreender o papel de Pharrell Williams no esquema geral das coisas, tendo aberto o desfile num vídeo de ecrã gigante com um longo solo de tambor. A menos que Pharrell tenha tido sempre uma paixão secreta por joias?!

O desfile terminou quando uma banda sonora coral, que incluía o Lucid Morto de Pan Daijing, culminou e a modelo holandesa curvada Jill Kortleve pisou a passerelle no mais casual dos vestidos de noiva, com as mãos nos bolsos e embrulhada num xaile cru de renda delicadamente bordado.

Revivemos a década de 1930, definida por uma crise económica global, onde heroínas corajosas e literatura visionária se encontram vivas neste desfile de moda, mas são certamente anos muito mais felizes quando revisitados hoje em dia.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.