Chantal Thomass deixa direção artística da sua marca

Os seus códigos favoritos e as franjas são o ADN da marca Chantal Thomass, mas chegou a hora da designer homónima passar o testemunho. A fundadora da célebre marca de lingerie criada em 1975, que foi responsável pela criação durante décadas, mesmo com as mudanças de proprietários, anunciou na segunda-feira, 17 de dezembro, o seu afastamento da direção artística da sua marca.


Chantal Thomass - Pixelformula.

Desde a aquisição da marca Chantal Thomass pela Dim, em 1998, e depois pelo grupo Chantelle, em 2011, houve dúvidas sobre o futuro da marca, que passou por períodos mais complexos, incluindo a perda do uso do seu nome no início dos anos 90, um facto que a designer menciona na sua autobiografia, publicada no final de 2017.

A marca de lingerie continuará, portanto, sob uma nova direção artística, enquanto a designer continuará a assumir várias atividades criativas, como tem feito há muitos anos em várias áreas, incluindo em hotelaria de luxo, espetáculo, design ou decoração.

"O meu negócio foi iniciado há 40 anos e é mais conhecido pela sua lingerie e moda, mas na realidade sempre foi diversificado”, comentou Chantal Thomass. "A marca de lingerie Chantal Thomass estará em boas mãos, já que as próximas coleções serão desenhadas por uma grande marca francesa especializada em lingerie, a Chantelle", concluiu.

Cabe, portanto, ao grupo Chantelle trabalhar na continuidade do universo escolhido pela sua fundadora. A marca é distribuída numa loja em Paris localizada na rua Saint-Honoré, em corners de grandes armazéns, bem como na lojas multimarca do grupo Chantelle, e também numa grande rede de revendedores multimarca em França e no estrangeiro.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

LingerieCriação
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER