×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
13 de out. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Christina Zeller deixa direção artística da Delvaux

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
13 de out. de 2020

Christina Zeller, diretora artística da Delvaux, está de saída da empresa após quase uma década na marca de luxo belga.
 

Christina Zeller - Imagem - Delvaux


"A maison Delvaux anuncia a saída da sua diretora artística, Christina Zeller, que deixa a empresa por motivos pessoais", declarou segunda-feira a marca com sede em Bruxelas através de um comunicado.
 
A sua partida representa a última grande saída de Delvaux e acontece 10 meses após o CEO Jean Marc Loubier ter sido sucedido por Marco Probst.

"A direção artística da empresa será assumida pelo estúdio criativo que tem colaborado com Christina Zeller nos últimos três anos e mais", acrescentou a casa de 191 anos.

A Delvaux foi fundada em Bruxelas em 1829 e adquirida em 2011 pela First Heritage Brands, uma empresa de investimentos chinesa controlada pela família Fung. Desde então, expandiu-se enormemente a nível mundial, abrindo lojas em Nova Iorque, Paris, Londres, Roma, Milão e Hong Kong. Após a aquisição, multiplicou as suas vendas por um fator de 10 e agora opera 45 lojas monomarca em todo o mundo.
 
Fornecedora oficial da Casa Real da Bélgica desde 1883, a Delvaux é a inventora da carteira moderna, tendo depositado a primeira patente de carteira em 1908.
 
Zeller ingressou na Delvaux em 2011 como diretora de imagem e produto e desempenhou um papel decisivo na redefinição das diferentes coleções.
 
Em 2017, quando o crescimento disparou com importantes aumentos anuais de dois dígitos, a Delvaux nomeou Zeller como diretora artística da casa. Em janeiro de 2020, além dessa função, Christina Zeller foi também colocada como responsável pelas comunicações.
 
Durante o seu mandato, Zeller contribuiu para tornar a Delvaux numa verdadeira marca de luxo, misturando as suas qualidades artesanais únicas com elementos do surrealismo, fazendo referência ao grande artista belga René Magritte.

No comunicado, Probst oferece "os seus mais calorosos agradecimentos a Christina pela sua dedicação excecional e pela destacada criatividade que trouxe para a empresa, e pela identidade forte e única que forjou para ela".
 
Christina Zeller continuará a trabalhar com as equipas até ao final de 2020, sublinhou a casa.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.