×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
26 de fev. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Concept store Colette renasce temporariamente com "Souvenir Shop"

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
26 de fev. de 2020

Como parte do lançamento do documentário “Colette mon amor” no cinema MK2 Beaubourg, em Paris, Sarah Andelman, cofundadora com a sua mãe Colette Roussaux da concept store de culto, abriu uma loja de souvenirs em Paris.


T-shirt da coleção cápsula "Colette mon amour” criada com a Maison Kitsuné


Depois de realizar vários eventos, como exibições de filmes e lojas pop-up em Nova Iorque e Londres, Sarah Andelman associou-se à loja Maison Kitsuné Tuileries, localizada no número 2 da rue du 29 Juillet, em Paris, “um local apreciado pela fundadora da Colette, situado próximo da concept store”, e que agora abriga uma loja pop-up com artigos de edição limitada que irá funcionar de 24 de fevereiro a 2 de março.
 
A linha "Colette mon amour” inclui carteiras e óculos (20 unidades cada) da Off-White, carteiras da Baggu, cubos Rubik, artigos de papelaria da Darcel, biscoitos com sabor exclusivo no Café Kitsuné e uma linha de t-shirts, sweaters e carteiras criadas em colaboração com a Maison Kitsuné. Além disso, também há uma série de obras de artistas e amigos da loja, como Futura 2000, um fanzine assinado por Kark Hab e até um boneco Snoopy feito por Leblon-Delienne.

Cada exibição do documentário "Colette mon amour” no cinema MK2 Beaubourg incluirá painéis de discussão com figuras-chave da história da loja parisiense, como Pedro Winter (da Ed Banger Records), Michael Dupouy (dos livros All Gone), Lucien Pagès (da agência de relações públicas Lucien Pagès), Guillaume Salmon (anteriormente encarregado de relações públicas da Colette) e David Fischer (fundador da revista Highsnobiety).

O documentário será exibido diariamente às 18h30, de 26 de fevereiro a 1 de março. Este conta a história da loja Colette, que abriu em 1997 e fechou após duas décadas, em 12 de julho de 2017, e também se foca nas celebridades “que moldaram a Colette", com entrevistas com designers e artistas como Virgil Abloh, Kanye West e Pharrell Williams.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.