×
302
Fashion Jobs
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
PEPE JEANS (RETAIL)
Vendedor / Vendedora - Coimbra
Efetivo · COIMBRA
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa - CDI - Part-Time - 30h - m/h
Efetivo · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Madeira Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Funchal Rua - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Alma Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - CDD 15h - 6 Meces - Porto Norte H/F
Temporario · SENHORA DA HORA
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
24 de jun. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Consumidores procuram mais personalização também preocupados com a privacidade

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
24 de jun. de 2022

Os consumidores esperam alguma personalização em cada interação com as marcas, mas não confiam nelas para manter os seus dados pessoais seguros e usá-los com responsabilidade.


Os consumidores procuram mais personalização também preocupados com a privacidade - archiv


De acordo com os novos dados do terceiro relatório anual "State of Personalization Report 22" da plataforma de aquisição de clientes Twilio, 62% dos consumidores esperam alguma personalização e deixarão de comprar uma marca se a sua experiência não for personalizada. Além disso, 49% tornar-se-ão compradores recorrentes se a personalização for oferecida.

Paradoxalmente, apenas 40% dos consumidores dizem que confiam nas marcas para usarem os seus dados com responsabilidade e mantê-los seguros.

O estudo mostra que a falta de confiança está a afetar cada vez mais as decisões de compra do consumidor, com 60% a dizer que a confiabilidade e transparência são as características mais importantes de uma marca, acima dos 55% em 2021.

É claro que entregar experiências personalizadas requer dados pessoais, e as informações coletadas diretamente dos clientes com seu consentimento (dados primários) são boas para 63% dos consumidores, "desde que as marcas usem os seus próprios dados e não dados adquiridos ou alugados a terceiros.

As empresas “alugam" relacionamentos com clientes para anunciantes e redes sociais há muito tempo, mas as extensas regulamentações de privacidade estão a forçá-las a deixar de alugar para passarem a ser proprietárias dos seus relacionamentos com os clientes.

Metade das empresas pesquisadas pela Twilio diz que as mudanças recentes nas regulamentações de privacidade de dados tornaram a personalização mais difícil.

Muitas já estão a responder a essas mudanças nas preferências dos consumidores, regulamentações e tecnologia, e 43% dos líderes de negócios estão a adotar dados de terceiros porque oferecem maior privacidade aos clientes.

A tecnologia continua a ser um obstáculo para muitas empresas. De acordo com a pesquisa, a maioria das empresas continua a lutar para alcançar a personalização omnichannel, apesar de 60% dos entrevistados dizerem que aumentaram o seu investimento em personalização até 2022. Os obstáculos mais comuns são a falta de tecnologia, retorno do investimento pouco claro, falta de dados precisos e impedimentos organizacionais.

"As tecnologias como as plataformas de dados de clientes fornecem às empresas as ferramentas necessárias para manter a conformidade enquanto gerenciam dados de origem para personalização. As plataformas de dados de clientes recolhem dados em primeira mão em todos os pontos de contato com o cliente para criar uma visão única e unificada do cliente", destaca o relatório.

Os líderes de empresas estão a adotar essas tecnologias, sendo que 53% deles estão a investir em tecnologias melhores para gerenciar os dados dos clientes e construir relacionamentos mais profundos com eles.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.