×
368
Fashion Jobs
MINGA LONDON
Ecommerce Manager
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
MINGA LONDON
Head of Creative Content / Art Director
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
SALSA
IT Retail Systems Specialist – Oportunidade de Suporte e Participação em Projetos de IT
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
GIANNI KAVANAGH
Marketing Director
Efetivo - CLT · BRAGA
SALSA
IT Development Specialist – Oportunidade de Fazer a Diferença no Dia a Dia do Utilizador Final
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
SANDRO
Sales Assistant 12hr Corner Porto h/m
Trainee · LARAMIE
LION OF PORCHES
Gerente (m/f) - Algarve Shopping
Efetivo - CLT · GUIA
LION OF PORCHES
Gerente (m/f) - Oeiras Parque
Efetivo - CLT · LISBOA
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - 40h - CDI - Eci Lisboa - H/F
Efetivo - CLT · LISBOA
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Gestor de Loja - 40h - CDI - Lisboa Colombo - H/F
Efetivo - CLT · LISBOA
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - 40h - CDI - Lisboa Colombo - H/F
Efetivo - CLT · LISBOA
TAPESTRY
Sales Associate ii - ce pt Vila do Conde (20-39 Hours)
Efetivo - CLT · Vila do Conde
SALSA
Estágio Curricular - People & Talent
Estágio · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Estação Viana - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Viana do Castelo
THE KOOPLES
Store Manager
Efetivo - CLT · LISBOA
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Factory Outlet Almancil (f/m)
Efetivo - CLT · Quarteira
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Factory Outlet Almancil (f/m) 1
Efetivo - CLT · Porto
Publicado em
4 de jul de 2016
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Contrafação: Alibaba mostra mais uma vez sua determinação

Publicado em
4 de jul de 2016

O gigante chinês da venda em linha quer extinguir a controvérsia. Depois que seu fundador Jacki Ma afirmou que as contrafações são de melhor qualidade que os originais, o grupo implanta com alarde uma nova série de ferramentas para lutar contra a presença de artigos falsos em seus sítios.


O Alibaba apresentou na passada sexta-feira em Hangzhou um novo sistema que permite apontar e retirar de venda produtos contrafeitos presentes em seus portais. No entanto, o grupo chama algumas marcas para a colaboração no processo. Batizado de "IP Joint-Force System", o processo repousa assim em parte numa supervisão conduzida pelas próprias marcas.
 
"Nesta batalha, são vocês e eu", resume Jessie Zeng, diretor da plataforma. "Isso não pode ser vocês a fazer todo o trabalho e eu a olhar, ou eu a fazer o trabalho enquanto vocês conversam. Nossa única escolha é juntar as nossas forças".

Um apelo ao qual as marcas poderiam atender com algum ceticismo. "Face a um problema tão complexo, não podemos nos queixar uns dos outros ou criticar uns aos outros". Um apelo à paz que contrasta com o violento ataque conduzido por Jack Ma contra as marcas que se queixaram algumas semanas antes.
 
O fundador explicava assim aos seus investidores que "o problema é que os produtos contrafeitos são hoje de melhor qualidade e a um preço melhor que os produtos autênticos que provêm das verdadeiras Casas de Moda...", que "os produtos são provenientes exatamente das mesmas fábricas, sua fabricação é realizada a partir das mesmas matérias-primas..." e que o "Alibaba é o melhor no mundo quando se trata de lutar contra a venda de contrafações".
 
Um ator incontornável do mercado chinês, o Alibaba pretende atingir um volume de transações de 6 biliões de yuanes (807.000 milhões de euros) ao longo do seu exercício fiscal 2020, ou seja, quase o dobro dos 3.090 biliões de yuanes registados em 2016.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.