×
Publicidade
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
4 de dez de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Corneliani escolhe Giorgio Brandazza como o seu novo CEO

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
4 de dez de 2019

A histórica empresa de moda masculina de luxo Corneliani tem um novo CEO. Giorgio Brandazza, ex-CEO da Boglioli, assume o cargo de Luigi Ferrando, que por sua vez é o novo diretor-geral da empresa com sede em Mântua, Itália.


Loja da marca Corneliani - Corneliani


O CEO recém-eleito tem uma vasta experiência na indústria da moda, onde ocupou altos cargos em grandes grupos de moda masculina e feminina, tanto italianos quanto estrangeiros. Antes de se tornar board advisor e CEO da Boglioli (2017-2019), Giorgio Brandazza foi group managing director da Elie Saab (2013-2017), diretor de desenvolvimento internacional da Boggi (2005-2014) e chief operating officer da Calvin Klein Jeanswear (1998-2004). O executivo também é professor sénior da Escola de Administração da SDA Bocconi desde 2003, e do Master Internacional em Fashion, Experience & Design Management (MAFED).


O novo CEO da Corneliani, Giorgio Brandazza


No início de novembro, a marca, que encerrou o ano fiscal de 2018 com prejuízo de 12 milhões de euros ante receita de quase 108 milhões e é atualmente controlada pela Investcoop e a família Corneliani, apresentou um plano de reorganização para 2019-2022 que prevê investimentos de 18 milhões de euros, mas também 130 demissões na fábrica de Mântua, que conta com 454 funcionários.

Fundada em 1958 em Mântua pelos irmãos Carlalberto e Claudio Corneliani, a empresa tem atualmente mais de 1000 funcionários na sede de Mântua, showroom de Milão, filiais estrangeiras na China e nos Estados Unidos, estabelecimentos estrangeiros e retalho direto. A sua rede de distribuição conta com 750 pontos de venda em grandes armazéns de luxo, multimarcas e monomarcas.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.