×
307
Fashion Jobs
Por
Reuters
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
9 de nov. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Coty: forte demanda por produtos de beleza e novos aumentos de preços esperados

Por
Reuters
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
9 de nov. de 2022

As fragrâncias e cosméticos da Coty Inc. registaram uma forte demanda no primeiro trimestre, ajudando-a a superar os objetivos de Wall Street, apesar da pressão do dólar americano forte e da saída da empresa da Rússia.


Hugo Boss


A saírem mais após os confinamentos, os consumidores permitem-se pequenos luxos, como maquilhagem e perfumes, enquanto adiam compras maiores devido ao aumento da inflação e aos riscos de recessão.
 
A fabricante dos perfumes Hugo Boss também aumentará os preços em meio dígito para o inverno, para combater o aumento dos custos de transporte e da mão de obra.

A divisão prestígio da Coty, que engloba cosméticos e fragrâncias das marcas Calvin Klein e Gucci, registou uma queda de 1% na receita devido a dificuldades macroeconómicas. Mas, a CEO Sue Nabi disse à Reuters que a empresa "não vê nenhuma desaceleração ou queda na divisão de prestígio".
 
Na verdade, os consumidores estão a passar das marcas de beleza de baixo preço para as marcas de prestígio, disse.
 
"A Coty está a passar por uma forte demanda por parte dos consumidores e pode continuar forte nos próximos meses, já que os produtos de beleza tendem a ser uma maneira mais económica de aumentar a confiança", disse Kunal Sawhney, CEO da empresa de pesquisa de valores Kalkine Group.

A sua homóloga europeia L'Oreal também registou um forte crescimento nas vendas no terceiro trimestre. A política "zero Covid" da China afetou a Estée Lauder, levando-a a reduzir as previsões anuais, mas a menor exposição da Coty a esse mercado ajudou-a a resguardar-se.

A categoria da beleza está "mais resiliente do que nunca", disse Nabi, enquanto a Coty também reiterava a sua previsão de lucros anuais.
 
No entanto, limitações na oferta impedem-na de satisfazer a forte atender demanda, especialmente no segmento das fragrâncias, disse a empresa. As ações permaneceram estáveis em 6,98 dólares (6,93 euros).
 
Excluindo elementos, a Coty ganhou 15 cêntimos de dólar por ação no trimestre encerrado a 30 de setembro, superando as estimativas de 11 cêntimos de dólar, segundo dados do IBES da Refinitiv.
 
O lucro líquido aumentou 1% para 1,39 mil milhões de dólares (1,38 mil milhões de euros), ligeiramente acima das estimativas.

© Thomson Reuters 2023 Todos os direitos reservados.