×
359
Fashion Jobs
GRUPO CÃES DE PEDRA
Head of Marketing / Brand Manager
Efetivo - CLT · PORTO
GIANNI KAVANAGH
Marketing Director
Efetivo - CLT · BRAGA
UNREAL FIELDS
Creative/Art Director
Efetivo - CLT · LISBOA
SALSA
Commercial Product Manager - Work With Product in The Fashion Business
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
SALSA
IT Development Specialist – Oportunidade de Fazer a Diferença no Dia a Dia do Utilizador Final
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer (m/f) - French Speaker
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
EMPRESA DE MODA NO SETOR DO LUXO
Vendedor/a de Loja de Gama Alta
Trainee · LISBOA
SALSA
Industrial Improvement Manager – Tinturaria/Lavandaria/Acabamentos Especiais
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Alegro Alfragide - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Carnaxide
GRUPO CÃES DE PEDRA
Diretor(a) Creativo Moda Hombre / Mujer
Efetivo - CLT · VILA DO CONDE
EUGÉNIO CAMPOS JEWELS
Assistente Loja Online (E-Commerce)
Estágio · VILA NOVA DE GAIA
LES ATELIERS LISBOETES
Associate in Digital Marketing And E-Commerce - Estágio 6 Meses
Estágio · LISBOA
LION OF PORCHES
Editor de Imagem/Vídeo (m/f)
Efetivo - CLT · PORTO
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Almada Fórum - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Almada
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Loures Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Loures
SYSTEMACTION
Vendedor
Estágio · LISBOA
THE KOOPLES
Sales Assistant Part Time (20h) Lisboa
Trabalho temporário · LISBOA
Por
Adnkronos
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
12 de mai de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Coty vende Wella e OPI à KKR & Co.

Por
Adnkronos
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
12 de mai de 2020

A Coty anunciou, segunda-feira (11 de maio), que irá vender uma participação maioritária do capital das suas marcas de tratamento de cabelos e unhas - nomeadamente, a Wella e a OPI - à KKR & Co., uma empresa de private equity dos EUA, especializada em leveraged buyouts.

Com a transação de 3 biliões de dólares, o grupo americano quer simplificar a sua carteira de produtos e reduzir a dívida.


A Coty vai vender 60% do capital à KKR & Co. - Reuters


A Coty também apresentou um plano de redução de custos de 700 milhões de dólares e, além disso, como parte da transação, a KKR deve injetar um investimento adicional de 1 bilião de dólares. Após o anúncio, o preço das ações da Coty subiu 15%.

Para combater a desaceleração das vendas e o agravamento da dívida, o grupo Coty colocou estas marcas à venda em outubro do ano passado, despertando o interesse de várias empresas, como Unilever e Henkel.

No início do ano, o valor da sua carteira de marcas era estimado em cerca de 7 biliões de dólares, segundo a Reuters - mas, a crise de saúde devastou o mercado por várias semanas, e os consumidores tendem agora a comprar produtos de beleza online.

Para piorar a situação, a empresa não conseguiu integrar entre suas subsidiárias as 40 marcas compradas da Procter & Gamble em 2016, o que a forçou a repensar a estratégia. Para revitalizar as vendas e atrair clientes mais jovens, a Coty adquiriu uma participação maioritária na empresa de maquilhagem e cuidados com a pele de Kylie Jenner, no final do ano passado.


OPI faz parte da transação dos 60% da Coty para a KKR - Foto: OPI


Prejuízo acima do esperado no último trimestre

Apesar disso, a Coty anunciou que registou um prejuízo acima do esperado no trimestre encerrado em 31 de março, com uma queda de 23% na receita. Como parte do acordo, a KKR ganhará dois assentos no conselho de administração da Coty, que também anunciou a suspensão dos pagamentos de dividendos aos acionistas até o próximo ano.

A transação, que contempla igualmente marcas como a Clairol e Ghd, prevê que as empresas operem como empresas independentes.

Citando o comunicado à imprensa, publicado no site da Coty: "Simultaneamente, a Coty e a KKR assinaram um memorando de entendimento e estão envolvidas em conversações exclusivas para formar uma parceria para a Wella no valor de 4,3 mil milhões de dólares, na qual se espera que a KKR detenha 60% e a Coty 40%, sob reserva apenas da conclusão de diligências confirmatórias limitadas e da execução de documentação definitiva. Após a assinatura da transacção Wella, a Coty emitirá 250 milhões de dólares de ações preferenciais convertíveis adicionais para a KKR com o mesmo cupão e a mesma provisão de preço de exercício que a primeira parcela de 750 milhões de dólares, resultando em receitas totais incrementais de 3,3 mil milhões de dólares. A KKR está a fazer o seu investimento principalmente a partir dos seus principais fundos de capitais não abertos à subscrição pública norte-americanos e europeus, o Americas Fund XII e o European Fund V".