×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
12 de jun. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

COVID-19 contém relançamento da Marc Jacobs

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
12 de jun. de 2020

A crise de COVID-19 está a prejudicar a recuperação da Marc Jacobs. A marca do designer americano homónimo, que faz parte do portfólio do grupo de luxo LVMH e que sofreu queda nos resultados em 2017, está a tentar relançar-se desde então. Entretanto, foi penalizada pela crise gerada pela pandemia, sendo obrigada a demitir cerca de 60 pessoas, segundo informações da WWD.


O último desfile da Marc Jacobs aconteceu em fevereiro, em Nova Iorque - © PixelFormula


Segundo fontes entrevistadas pela WWD, o estúdio da marca foi bastante reduzido e o desmembramento atingiu a estilista francesa Olympia Le-Tan, que foi recentemente transferida para Nova Iorque, para pilotar a linha mais acessível da empresa, The Marc Jacobs, lançada em 2019.
 
A marca negou as alegações, afirmando que todas as suas divisões se mantêm a trabalhar em projectos. Segundo um porta-voz citado pela WWD, "as reduções representam menos de 10% da força de trabalho global da marca, incluindo vendedores de lojas".
 
Numa nota de imprensa, a empresa declarou: “Face ao impacto substancial do COVID-19 no retalho, fizemos alterações direcionadas que permitem à Marc Jacobs International adaptar-se a esse contexto em constante evolução e continuar o nosso processo de reorientação, destacando a inovação criativa que sempre definiu a nossa marca. Isso envolveu a difícil decisão de eliminar determinadas funções e, para um pequeno número de funcionários, reduzir responsabilidades”.

A marca ainda não respondeu aos pedidos de comentários do FashionNetwork.com.
 
O escritório europeu, com sede em Paris, registou também a saída de Olivia Fournier, diretora de marketing e comunicação da região EMEA.
 
Após um período crítico que a levou a interromper a linha jovem e mais acessível, Marc by Marc Jacobs, e depois a encerrar a sua linha masculina em 2017, a marca relançou recentemente uma coleção Homme. Com o seu estilo cool descontraído, esta foi inserida na linha The Marc Jacobs lançada em 2019. A empresa estava a apostar fortemente nela para aumentar as vendas do grupo e também lhe dedicou uma boutique em Paris, inaugurada no ano passado na zona do Marais.

A Marc Jacobs anunciou, em dezembro de 2018, o lançamento de uma nova linha de preço acessível, The Marc Jacobs, para estrear a coleção pré-outono 2019. Isto, após dar por terminada a linha, Marc by Marc Jacobs, em março de 2015, que foi incorporada na linha principal da marca.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.