×
Publicado em
12 de out. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Cravo Studios: nova marca portuguesa lança primeira coleção na ModaLisboa

Publicado em
12 de out. de 2021

A Cravo Studios, fundada recentemente pelas designers portuguesa e búlgara Carolina Moreira e Nadezhda Valchanova, respetivamente, estreou a primeira coleção no primeiro dia da ModaLisboa (7 de outubro), num desfile realizado na Estufa Fria, a céu aberto. Algumas das peças já estão disponíveis online, no site da marca.


Look da Cravo Studios apresentado na Estufa Fria, no primeiro dia da ModaLisboa - Foto: Georgina Abreu - Instagram @anigroeg.ph


Intitulada "A Love Story to You", a nova coleção de moda visa homenagear aqueles que lutaram pela liberdade num período de pré-revolução prolongado até abril de 1974, que se repensa numa atualidade pós-pandémica em que a falta dessa mesma liberdade se fez sentir noutros moldes, levando também à reflexão.

Carolina Moreira e Nadezhda Valchanova conheceram-se no meio académico, no Reino Unido, onde ambas se especializaram em Menswear Design e onde se decidiram juntar para criar a nova marca "com o objetivo de transmitir uma reinterpretação de narrativas políticas e culturais, vividas pelos seus antepassados, construindo uma mensagem adaptada ao mundo atual", explicou melhor a dupla com realidades diferentes, não deixando de ser aproximadas nos ímpetos de libertação como reação à repressão.


Desfile de estreia da Cravo Studios na ModaLisboa - Foto: Beatriz Cardoso - Instagram @beatrizcardosophotography


Aliás, na área das relações culturais, após a revolução de abril, e já em 1975, foi concretizada a ideia de criar uma Associação de Amizade “Portugal-Bulgária” que promovesse o diálogo cultural entre os dois países e visasse dar uma maior dimensão à promoção, entre os portugueses, da história, ciência e cultura búlgaras.

"Encontraram uma paixão mútua: explorar narrativas através de vestuário, homenageando as suas culturas", disse por sua vez a ModaLisboa num comunicado, reforçando que: "As designers decidiram juntar-se para criar uma marca com o objetivo de transmitir uma reinterpretação de narrativas políticas e culturais, vividas pelos seus antepassados, construindo uma mensagem adaptada ao mundo atual".

Uma moda social que, não sendo propriamente revolucionária na sua essência, evoca períodos conturbados e chama a atenção para questões e factos que põem em causa os legítimos direitos de expressão livre.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.