Crocs regista aumento significativo no lucro e eleva estimativas para o ano todo

A marca de calçado com sede no Colorado Crocs anunciou que registou um aumento significativo no lucro no segundo trimestre e no primeiro semestre do ano fiscal de 2019 e, com isso, elevou as suas perspetivas financeiras anuais.


O e-commerce impulsionou a receita da Crocs no segundo trimestre de 2019 - Instagram: @crocs

No trimestre encerrado a 30 de junho de 2019, o lucro líquido atribuível aos acionistas ordinários da empresa foi de 39,2 milhões de dólares, contra 30,4 milhões de dólares no mesmo período do ano anterior, um aumento de 28,8%. O lucro diluído por ação também apresentou um forte aumento de 57%, totalizando US $ 0,55, acima dos US $ 0,35 obtidos no segundo trimestre de 2018.
 
No primeiro semestre, o aumento no lucro foi ainda mais impressionante, sendo +49%, para 63,9 milhões de dólares (contra 42,9 milhões de dólares no mesmo período do ano passado). O lucro diluído por ação foi de US $ 0,87 (ante US $ 0,51), um crescimento de 70,6%.

No segundo trimestre, a receita totalizou 358,9 milhões de dólares, um crescimento de 9,4% (12,5% em moeda constante), ante 328,0 milhões de dólares no mesmo período do ano anterior, apesar do impacto negativo de 6 milhões de dólares relacionado com o fecho de lojas.

 
O e-commerce registou um excelente desempenho, com aumento de 18,0%, na receita, comparado com um crescimento de 9,4% na receita do atacado e de +11,8% nas vendas em mesmas lojas do retalho. Ao longo do primeiro semestre, a receita aumentou 7,1%, para 654,8 milhões de dólares, acima dos 611,2 milhões de dólares obtidos no mesmo período do ano anterior.

Os últimos meses foram movimentados para a Crocs, que lançou novas colaborações com Vera Bradley e Chinatown Market desde o final do segundo trimestre e também anunciou que está planejando reduzir o volume de produtos que está produzindo na China para o mercado americano em mais de dois terços no próximo ano, devido ao impacto da guerra comercial entre os dois países.

"Tivemos um excelente trimestre, uma vez que a demanda pelos nossos produtos e o interesse pela marca continuaram a aumentar", disse em comunicado Andrew Rees, presidente e CEO da Crocs. “Com um forte crescimento na receita e margens brutas melhores do que o esperado, expandimos a nossa margem operacional em 0,2 ponto percentual para aproximadamente 13% das vendas e aumentámos o nosso lucro diluído por ação em 57% em relação ao segundo trimestre do ano passado. Acreditamos que
no próximo semestre o crescimento da nossa receita vai ultrapassar significativamente o do primeiro, portanto, elevámos as nossas estimativas para o ano todo.”
 
A Crocs espera agora que um crescimento entre 9% e 11% na receita em 2019, em comparação com uma estimativa anterior de 5% a 7%. No terceiro trimestre, a empresa prevê receita na faixa de 295 a 305 milhões de dólares, ante 261,1 milhões de dólares no terceiro trimestre de 2018.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - CalçadosNegócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER