×
374
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Decathlon aumenta foco em sustentabilidade com meta de emissões baseadas na ciência

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 11 de out de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

A Decathlon comprometeu-se a reduzir as suas emissões de CO2 em 75% até 2024 e assinou a Carta da Indústria da Moda para Ação Climática da ONU.


Decathlon


A retalhista francesa de artigos desportivos, uma das maiores do mundo, anunciou o seu novo compromisso com metas baseadas na ciência, de acordo com os objetivos do Acordo de Paris sobre a Mudança Climática. Os novos objetivos foram aprovados pela iniciativa Science Based Target (SBT).

Além de reduzir as emissões diretas e indiretas de CO2 em 75%, a empresa afirmou que fará com que os seus principais fornecedores definam as suas próprias metas baseadas na ciência. A Decathlon anunciou que isso será apoiado por uma promessa de reduzir as emissões de CO2 por produto vendido em 40% entre 2016 e 2026 para todas as categorias de desporto.

Para atingir esses objetivos, a empresa francesa fundada em 1976 está a focar-se em várias estratégias sustentáveis, como o uso de eletricidade 100% renovável até 2026 em todos os armazéns e lojas. Além disso, a Decathlon disse que 100% dos novos produtos serão "desenhados ecologicamente" até 2021 e que procurará desenvolver a venda de produtos em segunda mão nas lojas.

A nova meta foi anunciada após a empresa ter revelado que assinou a Carta da Indústria da Moda para Ação Climática, uma iniciativa liderada pela indústria sob a égide da ONU. A diretora de sustentabilidade da Decathlon, Isabelle Guyader, disse: “Como fabricante e retalhista global de roupa e equipamentos desportivos, temos a responsabilidade de reduzir  as nossas emissões de acordo com o que a ciência nos diz ser necessário. Acreditamos que podemos fazer isso da melhor maneira, adotando metas formais baseadas na ciência e trabalhando com outras pessoas do setor de vestuário e moda sob a Carta da Indústria da Moda para Ação Climática".
 
Adrien Jouvinier, responsável pela gestão da trajetória de CO2 da Decathlon em relação à cadeia de abastecimento da empresa, disse: "A assinatura da Carta vai permitir que nos unamos aos outros signatários e organizações do setor para agir coletivamente no combate às mudanças climáticas. Participar nos grupos de trabalho da Carta pode ajudar-nos a definir ferramentas e métodos mais adequados para reduzir o nosso impacto com os nossos fornecedores.”

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.