×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
1 de jul. de 2021
Tempo de leitura
5 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Desfiles de moda masculina: as tendências frescas e vitais para o verão 2022

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
1 de jul. de 2021

Com o fim da pandemia à vista, a sessão de espectáculos da Paris Fashion Week Men's, que terminou domingo (27 de junho), mostrou um claro otimismo nas passerelles com guarda-roupas concebidos para voltar à vida social e ao pleno ar livre. As coleções de moda masculina para a primavera-verão 2022, reveladas em Londres, Milão e Paris através de alguns desfiles presenciais e o agora habitual formato de vídeo, destacaram-se pela sua vestibilidade com uma grande sensação de conforto, um espírito muito descontraído e a sua paleta invulgar, oscilando entre cores vitais, por vezes fluorescentes, e tonalidades delicadas e suaves em tons pastel ou poeirentos.


Ermenegildo Zegna, primavera-verão 2022 - © PixelFormula


1 O look total 



Peças básicas e intemporais que podem ser combinadas à vontade, porque são todas na mesma cor, incluindo acessórios, malas, meias e sapatos! O look total é o novo mantra para os homens, como Alessandro Sartori em Ermenegildo Zegna o interpretou idealmente, assim como a maioria de outros designers que o fizeram através de conjuntos rigorosamente monocromáticos, onde as peças são sobrepostas e combinadas ton sur ton.


Walter Van Beirendonck, primavera-verão 2022 - © PixelFormula


2 O fato tecnicolor 



O fato continua a ser a peça de roupa principal do homem, mas as suas proporções foram amolecidas e aliviadas nos ombros e no forro. Mesmo que ainda encontremos os clássicos fatos cinzentos, brancos e pretos, este novo uniforme masculino – confortável e não menos elegante – vem em tonalidades invulgares. Ou numa paleta de cores doces (rosa, azul céu, malva pastel e amarelo pinto) que traz uma certa frescura às roupas de verão; ou, pelo contrário, de cores vivas e brilhantes (vermelho, verde, turquesa, amarelo) para energizar o guarda-roupa.


Fendi, primavera-verão 2022 - © PixelFormula


3 O casaco de manga curta 



Neste guarda-roupa de fronteiras fluidas, que se liberta dos códigos tradicionais da moda masculina sem os abandonar totalmente, o icónico casaco masculino torna-se o chão para toda a experimentação.  Para o próximo verão, está a surgir um modelo de manga curta, uma versão híbrida de casaco e camisa. Alguns designers estão a encurtá-lo para cima do umbigo, transformando-o num bolero na Fendi ou numa capa na Wooyoungmi. Em muitas coleções é simplesmente desprovido de mangas para maior leveza e liberdade.


Hed Mayner, primavera-verão 2022 - © PixelFormula


4 Roupa de trabalho útil



Concentrando-se num guarda-roupa cada vez mais leve e prático, os estilistas retrabalharam peças de vestuário e acessórios para os tornarem mais funcionais sem os fazer pesar, desenhando alegremente no registo de vestuário de trabalho casacos com bolsos grandes, coletes, jardineiras e macacões. Tudo se encaixa facilmente, permitindo a máxima liberdade de movimento. As peças de vestuário básicas são revisitadas em modo multifuncional.


Isabel Marant, primavera-verão 2022 - © PixelFormula


5 Roupa exterior 



Deixando a sua casa, ou melhor, o casulo protetor em que foi forçado a refugiar-se durante mais de um ano por causa da pandemia, o homem do verão 2022 anseia pelo ar livre. Longe do vestuário de salão e dos pijamas de épocas passadas. O espaço é dado ao vestuário de exterior (algumas coleções concentram-se inteiramente neste segmento), a roupa de escalada ou a roupa para aventureiros globetrotting. Tudo joga com tecidos ultraleves inovadores, nylons técnicos e lãs impalpáveis para criar casacos, corta-ventos, coletes de caça, camisolas, casacos safari combinados com bermudas ou calças cheias de bolsos.


Prada, primavera-verão 2022 - © PixelFormula


6 Os calções 



Os calções estão em todas as coleções. Amplos e práticos (sempre com os seus múltiplos bolsos), num formato ligeiramente retro liliputiano, com dardos para maior elegância, um pouco mais longos ao estilo pirata, ou mesmo leves, como um convite para ir de férias. Há algo para todos os gostos. As bermudas substituem frequentemente as calças de um fato. E, a Prada atreve-se mesmo a fazer um combishort ao estilo romper. 


Hermès, primavera-verão 2022 - © PixelFormula


7 Tecidos tie and dye e sfumati 



A tendência tie and dye observada nas últimas estações está a aprofundar-se, e desta vez está a explodir através de todo o tipo de tratamentos. Os designers estão a inovar e a experimentar diferentes técnicas de tingimento com a ideia de reproduzirem o mais fielmente possível os milhares de tonalidades e efeitos que o tempo imprime na peça de vestuário. Tecidos desbotados e descoloridos pelo sol, com sombras e reflexos que se expandem sobre o produto. Este recurso é visto em tudo: T-shirts, calças, camisas, casacos e até malhas. Quanto aos efeitos sombreados (ou sfumati) estão em todo o lado, como um arco-íris que dá uma nota alegre aos trajes.


Courrèges, primavera-verão 2022 - © PixelFormula


8 A malha de rede 



Neste guarda-roupa leve e casual não falta sensualidade, especialmente através de pullovers e camisolas, ambas perfuradas, ou tops cortados em redes de pesca que deixam a pele à mostra. Alguns são oferecidos em tecidos técnicos tais como malha para um toque mais desportivo. Este registo sensual é também expresso através de um certo disfarce com camisas de seda desabotoadas até ao umbigo ou através de rendas, que ainda estão na moda em tops, camisas e calças. Os designers também enfatizam transparências e roupa interior sexy.


Dolce & Gabbana, primavera-verão 2022 - © PixelFormula


9 Um ambiente de festa 



Muitos dos filmes das coleções masculinas vistos nesta estação referem-se ao período pós-COVID-19, o que nos deve trazer de volta à normalidade no próximo ano, especialmente no próximo verão, e saudar um regresso libertador a férias com brilhantes, lurex e trajes extravagantes. Os homens enchem-se com mil joias e ornamentos; e com as suas melhores roupas para sair e para se divertirem. As cores explodem, as silhuetas brilham. É muitas vezes uma boa oportunidade para tirar do armário as roupas feitas de cetim e de brocados ricos.


Louis Vuitton, primavera-verão 2022 - © PixelFormula


10 A saia maxi



A saia longa e drapeada que desce aos pés está a entrar no guarda-roupa dos homens. Foi particularmente notada na Louis Vuitton ao estilo samurai; e na Yohji Yamamoto; na Avellano ao estilo neo-futurista Matrix (filme australo-americano de 1999); na Tokyo James, que combina a longa tanga africana com os clássicos casaco preto e camisa branca; mas também na JordanLuca, que a declinou em comprimentos diferentes; e na Loewe ou mesmo na Thom Browne, numa versão mais curta e plissada.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.