×
563
Fashion Jobs
ADIDAS
Manager HR Learning & Development Gbs Porto (m/f)
Efetivo · Porto
FOREO
Marketing Manager
Efetivo · Lisbon
FARFETCH
Menswear Styling Editor
Efetivo · GUIMARÃES
ADIDAS
HR Specialist Gbs - Offboarding (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist HR Specialist Gbs Operations - General Admin (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Associate HR Specialist (M/F/D) - Gbs Operations - Benefits
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Apo/Ibp (Snp) Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist (M/F/D) - Gbs Operations - German Speaker - Bik
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Demand Planner_sport Zone(m/f)
Efetivo · Maia
JD SPORT
Footwear Buyer
Efetivo · Alicante
CH CAROLINA HERRERA
Area Manager
Efetivo · LISBOA
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sac/Bw-Ip/Fico (m/f) 1
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Buyer - French Speaker
Efetivo · Porto
ADIDAS
Technology Consultant - Retail sd/mm (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Reporting & Analytics (M/F/D) - Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
SALSA
Quality Manager - Oportunidade de Trabalhar o Produto Para Atingir Uma Qualidade de Excelência
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
JD SPORT
Demand Planner_Sport Zone(m/f)
Efetivo · Maia
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo · Braga
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
3 de nov. de 2021
Tempo de leitura
6 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Design local e internacional de fatos de banho protagonistas da Gran Canaria Swim Week

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
3 de nov. de 2021

Os fatos de banho estão no caminho da recuperação. Um desafio notável, depois de ter contraído o seu volume de negócios em 41% em 2020, devido ao impacto da pandemia e às restrições aplicadas ao domínio do turismo, para o qual a organização de eventos profissionais à escala internacional é essencial. É o caso da Gran Canaria Swim Week by Moda Calida, organizada conjuntamente pelo Cabildo de Gran Canaria e pela Ifema no centro de exposições Expomeloneras de 21 a 24 de outubro. Uma edição especial que não só marcou a celebração do 25.º aniversário do evento, mas também registou o regresso a uma certa normalidade, após a última edição física do evento de moda em fatos de banho, que foi organizada no ano passado com uma presença significativa de medidas de segurança e restrições notáveis à sua capacidade.


Look da marca Como La Trucha Al Trucho - Como la trucha al trucho


Nascida com o objetivo de "se tornar um ponto-chave no sistema internacional" da indústria de fatos de banho, o evento de passerelle acolheu um total de 38 designers e marcas, com uma presença significativa de design local, apresentando um total de 17 propostas da Gran Canária e de outras ilhas do arquipélago. "Este evento dá-nos uma notoriedade e visibilidade internacional que não poderíamos alcançar de qualquer outra forma. É um grande instrumento de marketing", celebram os criadores locais Amanda Gutiérrez e Adonais Sarmiento, promotores da colorida empresa canária Como La Trucha Al Trucho.

Fundada em 2014 e atualmente comercializada através do seu website e pontos de venda em Portugal e nas Ilhas Canárias, a marca tornou-se uma das etiquetas essenciais da Gran Canaria Swim Week, na qual já participou em seis edições. Por esta ocasião, a coleção "Dama Juana" reflete esta própria trajetória ao dar um salto para um estilo mais maduro, com uma marcada inspiração mediterrânica. "A nossa clientela cresceu connosco", admite a alegre dupla criativa, reconhecendo que o COVID-19 fez com que os consumidores "valorizassem mais artesanalmente materiais como o algodão e a ráfia" e que encontraram o seu nicho de mercado, posicionando-se num espaço que propõe "cortes de cor e lisonjeiros".

O eterno verão das Canárias



Relativamente à identidade da cena local, a dupla de designers sublinha que "o estilo canário é alegre e desinibido, claramente influenciado pelo Carnaval e pela possibilidade de estar na praia durante todo o ano". Uma ideia com a qual o autodidata criador da ilha, Carlos San Juan, CEO da empresa Sanjuan, concorda. "Nas Ilhas Canárias é sempre verão e viver na praia durante 12 meses é algo muito natural", diz sobre a "estação eterna" de onde saem os seus desenhos. Propostas sensuais, arrojadas em cores e formas, caracterizadas pelas suas cuecas de cintura alta e peças que são vendidas separadamente para que "o cliente possa criar um look único de acordo com as suas necessidades". Um estilo explosivo, materializado numa última coleção de carácter orgânico inspirado na floresta tropical, e que encontra na Austrália e no México os seus principais mercados de exportação.


Look de Carlos San Juan da marca Sanjuan - Carlos San Juan


Os fatos de banho exuberantes também caracterizam as propostas da Maldito Sweet, uma marca de propriedade da designer local Nicole Mentado, que está empenhada numa oferta variada e inclusiva com desenhos e coleções dedicadas às mulheres "curvy".

"Comecei a desenhar modelos para mim própria e acabei por identificar uma importante procura de tamanhos maiores", diz a criadora sobre o interesse em alargar as coleções e desfiles de moda para além dos "corpos normativos". Uma perspetiva de diversidade que também apela a Verónica Aparicio, designer fundadora da Vevas, a firma canária cuja coleção "Can", inspirada em quatro espécies da fauna local, ganhou o prémio de melhor coleção emergente de 2021. Um projeto lançado em 2016 e com o qual a desenhadora declina as suas estampas características e originais em peças de lycra e de amplo tamanho, do "S" ao "XXL", ou mesmo em modelos feitos à medida.

Talento emergente e sustentável



Entre as propostas mais recentes da edição, vale a pena mencionar Rubén Rodríguez, nascido em 1994 na Gran Canária. Um criador emergente que fundou a sua marca epónima no verão de 2020 e que, de momento, só lançou duas coleções. "Por agora, desenho e trabalho muito com influencers", diz o jovem designer, que espera ser capaz de lançar o seu próprio website graças ao impulso da passerelle, enquanto mostra os seus desenhos inspirados nos mitos gregos. Por sua vez, Libérrimo aproveitou o evento para completar a sua oferta de pronto-a-vestir, anteriormente apresentada no showroom Samsung EGO, na MBFW Madrid, com uma linha de fatos de banho caracterizada pelas suas próprias estampas juvenis com referências ao mapa das ilhas. Uma coleção interessante, completada pelo "artesanato digital" dos seus acessórios feitos graças à impressão 3D ou sandálias planas originais em estilo japonês.

Reconhecida com o prémio para a melhor coleção sustentável, a estilista Elena Morales tornou-se uma referência na moda responsável de fatos de banho graças à sua marca "consciente" na qual 99% das coleções são feitas "eticamente, com materiais sustentáveis e certificação ambiental". A sua última coleção, "Bilitä", foi concebida a partir de fibras feitas de garrafas plásticas recicladas e inclui um fecho inovador criado a partir de micro plásticos, que a designer emergente não hesitou em patentear. "O único futuro possível é a moda sustentável", diz Elena, mostrando algumas peças em linho e algodão orgânico, completadas com o bordado tradicional canário. Completamente produzida em La Palma e com 80% das peças de vestuário a serem reversíveis, a coleção será vendida através do próprio website da marca, bem como na plataforma espanhola Es Fascinante e nos seus pontos físicos de venda em Las Palmas, Madrid, Barcelona e Biarritz.


Look da marca Alawa - Alawa


Fundada há cinco anos, a empresa madrilena Alawa foi uma das novidades entre os participantes da edição, com as suas elegantes propostas de fatos de banho de luxo. "Somos uma fusão entre a elegância do Rio de la Plata e a graça do Mediterrâneo", dizem os fundadores da marca, Jimena Vilaró e Gabriel Zorrilla, nos bastidores do seu desfile de moda. Caracterizada pelos sofisticados drapejados e rufos, a Alawa realiza 95% da sua produção em território nacional, à exceção dos bordados, realizados na Índia, ou do trabalho de certos tecidos de lycra de origem italiana. Apesar dos "bons resultados" do canal online, com um peso fundamental na sua faturação, a Alawa deu este ano o salto para o nível físico, com a abertura da sua primeira loja na rua Claudio Coello em Madrid. "Lançámo-la em plena pandemia, mas o feedback para a marca tem sido extremamente positivo", diz a dupla, sublinhando as melhorias graças ao "relacionamento e contacto direto com os clientes".

Os três dias de desfiles de moda foram completados pelas talentosas marcas canárias Laut, Suhárz, Román Peralta, Gonzales, Como Un Pez En El Agua, Palmas, Arcadio Domínguez, Aurelia Gil, ou a masculina Chela Clo; assim como as marcas internacionais Alexandra Miró, Oye Swimwear, Mama Maria ou Melissa Odabash. Entre as propostas da península estavam as sempre fiéis ao calendário canário Agatha Ruiz de la Prada, a consolidada Guillermina Baeza e Dolores Cortés ou a jovem TCN, All That She Loves e Bloomers, promovida pela modelo de Huelva Laura Sánchez. A edição de aniversário do evento terminou com 5250 visitantes e mais de 165.000 page views no seu website, em comparação com os 80.000 registados um ano antes.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.