×
307
Fashion Jobs
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
5 de dez. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Desigual aumenta aposta na Ásia e reorganiza-se em Singapura

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
5 de dez. de 2022

A empresa de moda catalã continua a sua estratégia de expansão internacional com a abertura de uma nova loja própria na cidade-estado de Singapura. Este espaço soma-se às cinco lojas e vários corners em grandes armazéns com os quais a marca de Thomas Meyer já opera na região.


Nova loja da Desigual em Singapura - Desigual


Localizada no centro comercial Ion Orchard, a loja Desigual encontra-se numa “localização premium”. Conforme indica a marca, a loja incorpora uma experiência de compra melhorada "para que os consumidores possam desfrutar da Desigual sob um novo ponto de vista".

Ao longo deste exercício, a empresa redesenhou a sua estratégia para os mercados asiáticos. Especificamente em Singapura, a marca planeia reabrir a sua loja em Raffles City no início de 2023 e já renovou o seu espaço em Vivo City, onde a empresa opera há mais de 16 anos. Tal como a sua nova boutique, este espaço apresenta o novo conceito de galeria de arte.

Balazs Krizsanyik, responsável da marca de Barcelona na Ásia, afirmou: “Com esta abertura, estamos presentes nos mais importantes espaços comerciais com a nova imagem da marca.”

O potencial do mercado asiático



O responsável acrescentou: “Procuramos adaptar-nos às particularidades de cada mercado, sem perder a essência do que a Desigual representa. Além disso, acreditamos que Singapura continua a ser uma referência e benchmark na região e oferece-nos uma importante oportunidade de expansão durante os próximos anos."

Por sua vez, o diretor comercial global da empresa, Oriol Martínez, destacou que os planos futuros da Desigual “passam por acelerar a expansão internacional para concretizar a nova imagem e dar especial atenção aos mercados asiáticos”. Para o responsável, a região sempre teve “um papel muito importante” nos negócios internacionais e, atualmente, “oferece um elevado potencial de crescimento”.

O desembarque da Desigual no mercado asiático ocorreu apenas em 2008, quando a colorida marca abriu a sua primeira loja em Singapura. Ao dia de hoje, a empresa com sede em Barcelona já está presente com cerca de 190 pontos de venda no Japão, o seu quinto mercado em volume de faturação, China, Hong Kong, Macau, Coreia do Sul, Austrália, Filipinas, Malásia, Indonésia e Taiwan, com lojas próprias, canal online ou multimarca.

No caso do mercado chinês, no qual a empresa firmou recentemente uma joint venture com a E-Shine, o seu parceiro local, a Desigual pretende abrir até 60 lojas e acelerar as suas vendas online.

Fundada em 1984, a Desigual conta atualmente com mais de 2600 colaboradores e está presente em 109 países através de 10 canais de venda, 393 lojas monomarca e seis categorias de produto. Em 2021, a empresa aumentou a sua faturação em 3,4%, para 371 milhões de euros.

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.