×
Publicado em
6 de jul de 2016
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Detox 2020: Inditex, Benetton e H&M saudados pelo Greenpeace por esforços ecológicos

Publicado em
6 de jul de 2016

Vários grandes grupos da indústria da moda aderiram ao programa da ONG que busca não utilizar mais produtos tóxicos na fabricação dos seus produtos daqui para 2020.

Greenpeace


Em seu Detox Catwalk anual, que faz um balanço sobre os esforços das marcas envolvidas, a ONG ateve-se particularmente a saudar Inditex, Benetton e H&M por ter, entre outras coisas, banido a utilização de alguns produtos tóxicos e publicado relatórios sobre sua utilização de água e das listas dos seus fornecedores.
 
Por outro lado, outros grupos não progrediram tão rápido e foram colocados na categoria "Tropeço". Trata-se das marcas Nike, LiNing, Limited Brand, Victoria's Secret e Espirit. Em um comunicado, esta última se diz "dececionada" por ser apontada este ano depois de ter sido tida como exemplo em 2013 e 2015. No entanto, a marca declara "estar a engajar-se constantemente para tornar sua cadeia de abastecimento a mais ecológica possível" e para se esforçar a nível de transparência.

Outros grupos, classificados em "Evolução", são convidados a acelerar seus esforços. Estão entre elas em especial a Adidas, Burberry, Levi's, C&A, Fast Retailing, Mango, G-Star, Miroglio, Primark, Puma, Marks & Spencer e Valentino.
 
A partir de agora, o programa Detox 2020 comporta mais de 70 marcas, ou seja, o equivalente a 15% da produção mundial de têxtil, segundo o Greenpeace.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.