Diesel USA declara falência

Segundo a Reuters, a Diesel USA, subsidiária americana da marca italiana especializada em jeans, declarou falência na terça-feira (Chapter 11). Um anúncio que pode surpreender alguns, considerando o enorme sucesso internacional experimentado pela marca de Renzo Rosso nos anos 90 e início de 2000. Mas, nos últimos dez anos, alguns grandes nomes dos jeans foram prejudicados devido à crescente concorrência (de fast fashion a designers de moda) e o desinteresse pelos seus jeans de 5 bolsos.


Renzo Rosso, presidente e fundador do grupo Only The Brave-OTB, que controla a Diesel. - DR

A imprensa americana revelou que a Diesel USA viu as suas vendas caírem 53% nos últimos seis anos. Um declínio nas vendas estimado em 104 milhões de dólares ao longo deste período. Além disso, o cibercrime e os roubos também representaram 1,2 milhão de dólares.

Atualmente, a subsidiária, fundada em 1995 e com 380 funcionários, não planeia fechar, mas reestruturar-se. O plano de reestruturação trienal prevê, entre outras coisas, o encerramento de algumas das suas 28 lojas cujos proprietários se recusaram a oferecer facilidades de pagamento. Estes ativos imobiliários nos Estados Unidos são estimados em 100 milhões de dólares, enquanto 50 milhões de dólares é o valor das dívidas acumuladas pela subsidiária.

Rentável no território americano até 2008, de acordo com a Bloomberg, a marca abriu lojas em locais premium, como a Madison Avenue, em Nova Iorque, justamente num momento em que as suas vendas começaram a cair. Dessa forma, terá gasto 90 milhões de dólares entre 2008 e 2015, principalmente no retalho físico.

Além disso, como parte do plano de reestruturação, a marca pretende concentrar-se nos seus endereços mais rentáveis, renovar ou realocar alguns, melhorar a sua oferta de produtos especialmente para mulheres e investir mais em redes sociais para para seduzir os Millennials, a Geração Z e outros novos clientes.

A sede do Grupo OTB na Itália não quis comentar a notícia. No entanto, a declaração oficial da marca reconhece que o "procedimento é um passo delicado que permitirá à Diesel USA reorganizar-se e fortalecer o seu negócio". A Diesel também anunciou o desejo de desenvolver o comércio eletrónico e abrir lojas pop-up em cidades importantes como Nova Iorque, Los Angeles e Miami "para proporcionar experiências fortes aos seus clientes".

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirModa - AcessóriosDenimDistribuiçãoNegócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER