×
349
Fashion Jobs
GIANNI KAVANAGH
Marketing Director
Efetivo - CLT · BRAGA
UNREAL FIELDS
Creative/Art Director
Efetivo - CLT · LISBOA
SALSA
Commercial Product Manager - Work With Product in The Fashion Business
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
SALSA
IT Development Specialist – Oportunidade de Fazer a Diferença no Dia a Dia do Utilizador Final
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer (m/f) - French Speaker
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Almada Fórum - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Almada
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Loures Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Loures
SYSTEMACTION
Vendedor
Estágio · LISBOA
THE KOOPLES
Sales Assistant Part Time (20h) Lisboa
Trabalho temporário · LISBOA
THE KOOPLES
Concession Manager w/m - Lisboa - Full Time
Efetivo - CLT · LISBOA
CONFIDENTIAL
Concession Manager w/m - Lisboa - Full Time
Efetivo - CLT · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Braga - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Braga
LEVI'S
Store Manager (ds Porto)
Efetivo - CLT · Porto
MAJE
Assistant Store Manager - Colombo Lisbon m/f
Trainee · LISBOA
MARIA BY FIFTY
Marketing Digital
Estágio · BRAGA
MARIA BY FIFTY
Fashion Designer/ Grafic Designer
Estágio · BRAGA
THE KOOPLES
Sales Assistant - Full Time - Lisboa
Efetivo - CLT · LISBOA
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
5 de fev de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Dior lidera gráficos globais de meios de comunicação de luxo no quarto trimestre

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
5 de fev de 2021

Após um ano fortemente afetado pela pandemia de COVID-19, um novo relatório da Launchmetrics mediu o sucesso dos investimentos de marketing da indústria do luxo, nos principais mercados mundiais, coroando a Dior como a indiscutível rainha soberana dos meios de comunicação social.


Christian Dior - primavera-verão 2021 -moda feminina- Paris - © PixelFormula


O relatório monitorizou as atividades de marketing global das empresas de luxo no quarto trimestre terminado a 31 de dezembro de 2020, atribuindo um valor monetário a cada posto, interação e artigo, a fim de calcular um valor total de impacto mediático (em inglês, Media Impact Value, geralmente referido pela sigla MIV) para cada marca.
 
A Dior ostentava o MIV global mais forte no quarto trimestre, com um total de 618,4 milhões de dólares, um aumento de 3,6% em comparação com o terceiro trimestre do ano. A Chanel ficou em segundo lugar com um MIV de 498,5 milhões de dólares, um aumento de 12,6% de trimestre para trimestre, enquanto a Gucci ficou em terceiro lugar com um MIV de 454,7 milhões de dólares, representando um aumento de 22,9%.

A Louis Vuitton e Saint Laurent completaram os cinco primeiros, alcançando um MIV de $405,8 milhões e $246,1 milhões, respetivamente.
 
Outros grandes vencedores foram a Moncler, que registou um aumento trimestral de 58,4%, atingindo um MIV de 52,2 milhões de dólares, o que colocou a marca no 20.º lugar. A Miu Miu também conseguiu um aumento impressionante de 49,3%, ficando em 17.º lugar com um MIV de 89,8 milhões de dólares.
 
A Dior manteve a sua posição de liderança nas diferentes regiões monitorizadas pela Launchmetrics, incluindo a China, a Europa e os EUA. A Chanel, contudo, ficou em segundo lugar na Europa, terceiro lugar nos EUA, e quarto lugar na China. A Gucci permaneceu em terceiro lugar tanto na Europa como na China, mas subiu para o segundo lugar nos EUA.
 
Nos EUA, a Marc Jacobs subiu para o quinto lugar, derrubando a Saint Laurent para o sexto lugar, enquanto na China, foi a Hermès que ficou em quinto lugar, com a Saint Laurent a cair para o oitavo lugar.
 
Notando que a China foi o único mercado global de luxo a crescer em 2020, levando muitas marcas a aumentarem os seus investimentos de marketing no país, a Launchmetrics também quebrou o peso relativo dos diferentes canais de marketing em cada região, salientando a importância de adaptar as estratégias às tendências locais.
 
Em toda a China, Europa e EUA, os meios de comunicação social foram a voz mais forte, representando 63%, 57% e 60% do total do MIV, respetivamente, nestas regiões. No entanto, enquanto os influencers foram a segunda voz mais forte na China (31%) e nos EUA (25%), na Europa (13%) ficaram atrás dos meios de comunicação social próprios, que representaram 23% do total do MIV. Os meios de comunicação social próprios representavam apenas 1% do total do MIV na China e 4% nos EUA.
 
As plataformas de meios de comunicação social utilizadas pelos influencers também variaram de mercado para mercado. Enquanto a rede Instagram era a grande favorita dos influencers na Europa e nos EUA, na China o panorama dos media é muito mais diversificado, com plataformas como a WeChat, Weibo, Xiaohongshu e Douyin a disputarem o lugar cimeiro.
 
Quanto ao tipo de influencer mais valioso, tanto nos EUA como na China, os all-star influencers, com mais de 2 milhões seguidores, representaram a maior parte do MIV, seguidos pelos mega influencers com entre 500.000 e 2 milhões de influencers.

Na Europa, no entanto, os mid-tier influencers, com entre 100.000 e 500.000 seguidores, representaram a percentagem mais elevada do MIV.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.