×
372
Fashion Jobs
TIFFOSI
Comprador de Moda (m/f)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo · Alicante
RALPH LAUREN
Sales Associate Part Time/ Vendedor de Loja (Part Time)
Efetivo · Modivas
RALPH LAUREN
Sales Associate Part Time / Vendedor de Loja (Part Time)
Efetivo · Modivas
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Évora Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Évora
TIFFOSI
Store Manager/ Gerente de Loja
Efetivo · Beja
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Centro Comercial Lisboa (f/m)
Efetivo · Lisbon
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Centro Comercial Lisboa (f/m)
Efetivo · Lisbon
LEVI'S
Part-Time 20h Levi Strauss Eci
Efetivo · Vila Nova de Gaia
SALSA
Digital Marketing Assistant – Suporte Aos Canais Paid Marketing, Newsletters e Redes Sociais
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Coimbra - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Nosso Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Vila Real
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Porto Centro - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Porto
SALSA
Trade Marketing Assistant – Suporte Aos Canais Wholesale & Department Store
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Algarve - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Faro
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Vila do Conde Fashion Outlet - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Vila do Conde
SALSA
Conseiller(e) de Vente 30h Aeroville
Efetivo · Paris
SALSA
Conseiller(e) de Vente 35h Aeroville
Efetivo · Paris
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Alma Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
Por
Portugal Textil
Publicado em
27 de abr de 2021
Tempo de leitura
5 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Diversidade no Take 2 do Portugal Fashion

Por
Portugal Textil
Publicado em
27 de abr de 2021

Entre esta primavera e o próximo outono-inverno, o Take 2 do Portugal Fashion mostrou que a criatividade continua a ser apanágio dos designers portugueses, traduzindo-se nas coleções que desenham, nas fontes de inspiração e até ao nível das apresentações.


Hugo Costa - ©Portugal Fashion/Ugo Camera


A segunda parte desta edição do Portugal Fashion – o Take 1 aconteceu em março – decorreu de 22 a 24 de abril e contou com inúmeros novos talentos, provenientes das escolas de moda do país, e designers mais consolidados, desde os jovens aos incontornáveis.

«O sucesso do Take 1 deu-nos um ânimo extra e também uma responsabilidade acrescida para produzir, agora, uma grande emissão online de moda. Isto significa tirar o máximo partido das potencialidades do digital e apresentar uma programação com múltiplos motivos de interesse, desde os vídeos das coleções, muito bem trabalhados estética e conceptualmente, às entrevistas, reportagens e debates», afirma Mónica Neto, a diretora do Portugal Fashion.

A grande maioria dos vídeos foi produzida nos diversos espaços da Alfândega do Porto, mas houve também quem saísse do Porto, como foi o caso da Marques’Almeida, cujo vídeo ganhou particular espetacularidade graças ao cenário junto dos Passadiços do Paiva, em Arouca, mais concretamente a maior ponte pedonal suspensa do mundo, que não foi sequer ainda inaugurada.

Com o verde do vale do rio Paiva como enquadramento, a dupla Marta Marques e Paulo Almeida revelou a sua coleção mais sustentável de sempre, já apresentada na Semana de Moda de Londres. A coleção outono-inverno 2021/2022 «é um grande passo em direção ao cumprimento do compromisso do M’A Environmental and Social Responsability Manifesto», sublinha a marca, que tinha já manifestado essa intenção em outubro. A preocupação «tem sido, sobretudo, como tornar a marca mais sustentável», apontou Marta Marques na altura.

Primavera 2021 ainda mexe

Com os criadores e marcas com liberdade para mostrar propostas para a estação que desejassem, vários decidiram revelar as coleções para a estação atual.


Susana Bettencourt - ©Portugal Fashion/Ugo Camera



Susana Bettencourt foi uma delas. «Estamos muito focados em mudar a nossa estratégia de marketing, acompanhando a comunicação, para quando temos o hype e a grande procura da coleção nas redes sociais, tenhamos essa coleção para oferecer», justifica a criadora numa entrevista transmitida online, revelando que, além dos retalhistas com quem trabalha, vai também começar a lançar as peças no seu próprio website, onde tem vendas online.

A designer apostou nas suas emblemáticas malhas artesanais, sobretudo no croché, para fazer uma reflexão sobre a situação pandémica atual e suas repercussões, numa nova interpretação do conceito de casa e a ideia das janelas que se abrem para o mundo exterior. Preto, branco e azul – as cores características da marca – estão presentes nas propostas, assim como o amarelo, a lembrar o brilho do sol e a alegria, e o vermelho, proveniente dos telhados das casas típicas portuguesas.

Já Sophia Kah foi beber inspiração às paisagens do Douro para criar estampados e desenhar uma coleção feminina pensada «para os dias ensolarados de primavera, casamentos chiques no quintal e noites descalças em casa», descreve. Saias compridas, tops curtos e vestidos boémios fazem parte das propostas de Ana Teixeira de Sousa para esta primavera-verão, cujo vídeo foi igualmente filmado fora da Alfândega do Porto, com vista para os socalcos onde se produz o vinho do Porto.


Sophia Kah - ©Portugal Fashion/Dulce Daniei


A estação atual foi também a opção da marca Concreto, que sob o mote “what doesn’t kill you makes you stronger” (o que não te mata, torna-te mais forte) trouxe para a primavera-verão 2021 uma coleção «prática como a vida, livre como todos devemos ser, jovem como a nossa equipa, revolucionária como o mundo se sente, mas forte, porque dos fracos não reza a história», escreve na descrição. Propostas que se adequam à visão mais jovem que a marca tem.

«Esta pandemia fez-nos abrir os olhos a todos, um sinal de calma, porque a qualquer momento isto pode mudar. Mudou, as pessoas têm todas que se adaptar e nós também», tinha já revelado, ao Portugal Têxtil, Teresa Marques Pereira, CEO da Concreto. Os vestidos de verão estampados ou em cores sólidas, como rosa e vermelho, os jumpsuits descontraídos, as túnicas mas também peças mais formais, como as calças de pinças, fazem parte das propostas da marca do grupo Valérius.

Olhos no outono-inverno

Já o regressado Diogo Miranda direcionou-se para a próxima estação fria, com uma coleção que pretende transmitir alegria, romantismo e amor, «sem esquecer o ADN da marca e sem esquecer o tipo de cliente da marca», garante o designer.

Um vestido, que de costas lembra uma capa, com bolsos à frente e uma gabardine preta, em crepe, são duas das peças que Diogo Miranda destaca.


Diogo Miranda - ©Portugal Fashion/Ugo Camera


«Gosto sempre de fazer peças intemporais, independentemente da estação, porque acho que é sempre uma mais-valia que o cliente, quando compra uma peça, consiga usá-la várias vezes», afirma.

Hugo Costa, por seu lado, foi às alturas para criar uma coleção bem terrena. «A ideia foi termos peças que eram inspiradas no alpinismo, que respiravam um pouco esse imaginário, mas que não fosse tão evidente. Se calhar é mais evidente pela silhueta», explica, em vídeo, o criador. O pormenor do elástico com travão para criar franzidos é o grande destaque nas peças para o outono-inverno 2021/2022, permitindo, através da sua manipulação, uma certa personalização da peça por parte do utilizador.

A fechar o calendário deste Take 2, a Alves/Gonçalves concebeu uma fuga contra a melancolia, com silhuetas soltas, casacos sumptuosos construídos em camadas e padrões cortados a laser que desconstroem imagens clássicas.

«O que a gente quis com esta coleção foi transgredir, criar mistério, criar situações por vezes embaraçosas sob o ponto de vista do vestuário», indica Manuel Gonçalves. «Quisemos saltar sob o ponto de vista das silhuetas que se expandem, que criam formas bastante cinematográficas», esclarece. «Cinema é imagens e eu quis criar imagens», resume o designer.

Copyright © 2021 Portugal Têxtil. Todos os direitos reservados.