Dr. Kid com corners na Coin em Bergamo, Piacenza e Florença

Convidada pela conhecida cadeia de armazéns Coin, a marca de moda infantil Dr. Kid acaba de abrir em Itália três espaços comerciais próprios, nas cidades de Bergamo, Florença e Piacenza. A proposta original era para ocupar 10 corners em outros tantos centros comerciais espalhados pelo país, mas a marca portuguesa quer ir passo a passo e pôs como condição arrancar apenas naquelas três cidades.


“Tínhamos que avançar com cuidado, até porque já temos uma ótima cobertura em Itália com representantes e agentes em todo o país e com os quais temos responsabilidades. Gostaram da ideia e acham que até ajuda a reforçar a notoriedade da marca, não só em Itália, mas também junto dos muitos turistas que frequentam as lojas Coin”, explica José Armindo Ferraz, o CEO da Inarbel, à qual pertence a Dr. Kid.

Foi fruto do reconhecimento e notoriedade que a marca tem em Itália que o convite surgiu, há cerca de um ano, por parte dos responsáveis da conhecida cadeia de retalho. “Um orgulho para nós, já que muitas outras marcas procuram estar nestes centros comerciais e nem sempre o conseguem”, diz José Armindo, esclarecendo que, no entanto, pôs como condição avançar inicialmente apenas com três corners, e a partir dai avançar em função do resultado.

Nas últimas semanas estiveram nas três cidades italianas equipas idas de Portugal para montar os espaços que este sábado, dia 2 de fevereiro, entraram em funcionamento (Florença, na foto). O modelo é o que foi idealizado para o franchising da marca, com todos os elementos desenhados e fabricados em Portugal.

“Temos uma estratégia definida de avançar passo a passo, sem pressas, e é assim que temos crescido ao longo dos anos”, frisa o industrial que nos últimos anos tem visto a Inarbel crescer de forma consistente, devendo atingir uma faturação perto dos 10 milhões de euros no fecho das contas de 2018.

Entre as marcas próprias – trabalha também em private label – a Dr. Kid é a mais pujante e representa já perto de 40% da faturação total do grupo industrial. Com presença em 23 países – “em Itália temos 12 agentes e estamos em todo o território, incluindo Sicília e Sardenha” – a marca de moda infantil deverá chegar a mais de 30 países durante o próximo anos. “É uma previsão, não temos planos concretos uma vez que já são os clientes que nos procuram e nos vamos avaliando para avançar em cada caso”, remata José Armindo Ferraz.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirDistribuição
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER