×
263
Fashion Jobs
SOPHIA KAH
Comercial
Efetivo - CLT · FELGUEIRAS
ADIDAS
Financial Controller & Reporting Senior Specialist (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
SALSA
IT Service Desk Specialist
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
HR Controlling & Data Analytics Senior Specialist (m/ f
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Manager - Project Management & Strategy
Efetivo - CLT · Porto
 GRUPO CONSTANT SERVIÇOS EMPRESARIAIS, LDA.
Area Manager - Retalho/Moda (m/f) - Lisboa
Efetivo - CLT · Lisboa
ADIDAS
Sales Associate Centro Comercial Norteshopping
Efetivo - CLT · Porto
SALSA
IT Sap Specialist fi/co e HR
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Gbs Senior Buying Specialist (m/ f) - French Speaker
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
General Ledger Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
H&M
Senior Lawyer - Expansion Department
Efetivo - CLT · Barcelone
BOTTEGA VENETA
Sales Assistant
Trabalho temporário · LISBOA
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - 30h - CDD 6 Meses - Eci Lisboa H/F
Trainee · LISBONNE
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- Arrábida Shopping - Vila Nova de Gaia (m, f)
Efetivo - CLT · Porto
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- Rua Pascoal de Melo (m, f)
Efetivo - CLT · Lisboa
SACOOR BROTHERS
Costureira de Alta Costura- Oeiras Parque (m, f)
Efetivo - CLT · Lisboa
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- Dolce Vita Tejo (m, f)
Efetivo - CLT · Lisboa
LA ESTAMPA
Coordenador de Estilo (m/f)
Efetivo - CLT · BRAGA
FARFETCH
Senior Men Stylist
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
FARFETCH
Senior Stylist
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
FARFETCH
Stylist Browns
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
VALÉRIUS
Estágio - Modelista
Estágio · BARCELOS

Elastron, a estrela que brilha no oásis do Oriente

Por
Jornal T
Publicado em
today 6 de set de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Num mercado que, apesar de tudo, se mantém como oásis de crescimento, a China tem tido um papel central no crescimento da Elastron. A prova-lo a procura e o destaque que a marca portuguesa registou na Intertextile Shanghai Home Textiles da semana passada. “É uma plataforma essencial para mostrarmos nossos novos produtos e os compradores demonstraram grande interesse”, diz o CEO José Carlos Oliveira.


Elastron, a estrela que brilha no oásis do Oriente - Jornal T


Num balanço oficial, os organizadores daquela que é a segunda feira mais importantes mo mundo para o sector – depois de Frankfurt – destacam a Elastron como um dos players mais destacados para o imenso mercado asiático. “Tivemos muitos compradores a visitar o nosso stand, e embora 60 a 70% deles fossem da China também houve compradores estrangeiros importantes”, sublinha o líder daquele que é um dos mais importantes fornecedores à escala global de tecidos e couros para estofos e fabrico de sofás.

“Embora a economia global não esteja na melhor forma, a China é o maior mercado e ainda está em crescimento constante. Continuamos a receber um feedback muito bom deste mercado e a Intertextile é muito importante para nós, uma das feiras mais importantes do mundo”, conclui José Carlos Oliveira.
Comemorando a sua 25ª edição, os organizadores destacam a presença de 1.147 expositores de 27 países e regiões e os mais de 35.000 compradores de 117 países e regiões que estiveram em Xangai, de 28 a 31 de agosto, numa feira de proporções gigantescas que abrangeu sete salas do Centro Nacional de Exposições e Convenções e uma área de 170.000 m2.

Destacando o acesso de fornecedores internacionais ao crescente mercado chinês nos níveis médio e premium, os organizadores da Intertextil Shanghai sublinham que até chegar a esta 25ª edição a feira passou também de uma plataforma de negociação tradicional para um contexto que “oferece agora uma visão de tendências, oportunidades de negócios por meio de cruzamentos do sectores e soluções para a transição para o comércio electrónico através do programa adicional da feira e eventos de correspondência de negócios”.

E a China continua um mundo à parte. Num contexto onde “não há como esconder que o mercado está a passar por momentos desafiadores, com o provam este ano eventos do setor em todo o mundo, na China os vários indicadores permanecem ainda robustos, incluindo crescimento contínuo no mercado doméstico de têxteis para o lar e forte procura por marcas no exterior”, como destaca o comunicado de balanço.

Que o diga a Elastron, um gigante português incrustado na China que exporta para mais de 70 países e prevê fechar o ano com uma facturação superior aos 50 milhões.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.