×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
13 de dez. de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Emanuel Ungaro reorganiza moda masculina em parceria com GST

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
13 de dez. de 2019

A marca de luxo Emanuel Ungaro reorganizou completamente a gestão e a produção da sua moda masculina e tem planos ambiciosos para o segmento. A marca confiou a produção da linha à GST (Gruppo Sviluppo Tessile), com sede em Sava, na Apúlia, Itália, especializada em fatos e roupas desportivas.


Philippe Paubert, diretor criativo da moda masculina da Emanuel Ungaro - Ungaro


A primeira coleção desta parceria é a de outono-inverno 2020/2021 e será apresentada no salão italiano Pitti Uomo em janeiro de 2020. Esta nova licença de cinco anos, que poderá ser renovada, contempla a produção e distribuição do vestuário desportivo e prêt-à-porter da Ungaro, e foi projetada para facilitar a expansão internacional, uma vez que atualmente esta é comercializada em França e Itália, informou a marca parisiense à FashionNetwork.com.

A linha de moda masculina da Emanuel Ungaro foi relançada em 2015, com posicionamento no segmento premium contemporâneo e com estilo mais descontraído. O projeto foi confiado ao designer Philippe Paubert, que ingressou na empresa em 1992 e trabalhou durante oito ao lado do fundador Emanuel Ungaro.

A GST foi fundada em 1994 pelos irmãos Salvatore e Sergio Toma. O negócio, com a sua nova licença Emanuel Ungaro, visa criar um centro de produção de roupa em Itália, centrado na nova entidade Toma Italian Brands. A GST também detém as licenças de Alessandro Dell'Acqua (que não deve ser confundido com o criador da marca N°21) e também desenvolve as coleções para as suas marcas próprias, Havana & Co e Angelo Toma.

A parceira anterior de Emanuel Ungaro, a empresa italiana Alea Fashion Industries, possuía a licença master para a sua linha de roupas masculinas desde o outono-inverno 2016/2017 e continuará a produzir camisas, a sua especialidade.

A Emanuel Ungaro também encontrou novos parceiros para ajudar a desenvolver outras duas categorias de produtos. 
A marca confiou recentemente a sua licença de calçado masculino à Rodolfo Zengarini, que agora será responsável pela produção e distribuição a partir da primavera-verão de 2020. Para os seus artigos de couro, como pequenos acessórios e cintos, a Emanuel Ungaro juntou-se ao fabricante italiano Milano Moda, que também produz acessórios para a Trussardi.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.