Empresários franceses à procura do têxtil português

A assinatura de protocolos com a ATP, reuniões bilaterais e a passagem por algumas empresas de referência são os pontos fortes da visita que uma delegação de empresários franceses está fazer ao têxtil português. A visita é enquadrada pela UIT (União das Industrias Têxteis) de França e pela CCIFP (Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa), entidades que subscreveram acordos de cooperação com a ATP.



Na terça-feira, o primeiro dia da visita, os cerca de vinte empresários franceses foram recebidos pelo presidente da ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, Paulo Melo (foto), encontro durante o qual as três entidades celebraram entre si acordos para o estreitamento de laços e cooperação. Ainda durante a manhã os empresários franceses tiveram oportunidade e conhecer as instalações do CITEVE e satisfazer a curiosidade em relação ao trabalho de I&D que ali se faz.

Durante a tarde, o programa foi reservado para reuniões B2B com diversas empresas portuguesas. Produtos de têxtil-lar, malhas, tricotados, acabamentos e tecelagem estiveram no centro do interesse dos franceses.

Ao logo do dia de hoje, quarta-feira, os empresários e os dirigentes da CCIFP e da UIT – representa mais de duas mil empresas têxteis – visitam várias empresas, um programa que se estende pelos vales do Cávado, Ave e Sousa, onde se concentra aquele que é visto como o mais forte e inovador cluster têxtil, cujo funcionamento os franceses – e todo o  mundo – querem conhecer.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.

TêxtilIndústria
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER