×
Por
Reuters
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
18 de dez de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

EssilorLuxottica reorganiza direção

Por
Reuters
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
18 de dez de 2020

Hubert Sagnières, CEO da Essilor, decidiu renunciar às suas funções executivas no grupo EssilorLuxottica e suas filiais, informou a especialista em ótica na quinta-feira através de um comunicado. Sagnières permanecerá como vice-presidente não executivo.


Photo d'archives / Reuters / Alessandro Bianchi


Para garantir o respeito pelo princípio do equilíbrio de poder, Leonardo del Vecchio, fundador da Luxottica, deixa voluntariamente as suas responsabilidades executivas na EssilorLuxottica e permanece como presidente não executivo, acrescenta o comunicado.

Os poderes executivos são confiados, até à assembleia geral anual de 2021, a Francesco Milleri, CEO da Luxottica, e Paul du Saillant, que são nomeados, respetivamente, diretor-geral e diretor-geral adjunto, pode ler-se no documento. Paul du Saillant torna-se igualmente CEO da Essilor International.

A Essilor e a Luxottica fundiram-se em 2017, mas a sua fusão viu-se fragilizada durante meses por diferendos entre Leonardo Del Vecchio e Hubert Sagnières. O grupo apontou até ao final de 2020 para encontrar um diretor-geral e considerou uma potencial contratação externa. O grupo não quis especificar o que aconteceria com este plano após a nova reorganização.

Hubert Sagnières declarou no comunicado de imprensa do grupo: “O progresso considerável conseguido nos últimos dois anos, e mais recentemente sob a liderança de Francesco e Paul, confirma a ideia de que estão reunidas as condições para dar um passo atrás e lhes transferir os meus poderes executivos, a fim de permitir uma transição mais suave.” 

A EssilorLuxottica anunciou igualmente o pagamento de um dividendo provisório para o exercício de 2020 de 1,15 euros por ação. Leonardo del Vecchio comentou: “Estou muito satisfeito por a abordagem resiliente e disciplinada que temos adotado na gestão do nosso grupo, ao longo de um ano que nos tem desgastado, ter possibilitado o pagamento deste dividendo.”

© Thomson Reuters 2021 Todos os direitos reservados.