×
Publicidade
Por
Jornal T
Publicado em
15 de jun de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Estádios do Mundial coloridos por têxtil de Vizela

Por
Jornal T
Publicado em
15 de jun de 2018

São mais de meio milhão e vão estar por todo o lado a colorir os estádios do Mundial da Rússia. Os cachecóis e outros objetos têxteis de todo o merchadising oficial da competição são feitos pela 4Teams – Advertising & Merchandising, Ldª, uma têxtil de Vizela que fabrica também para várias seleções, como é o caso de Espanha, França e Portugal.


Um negócio em que a 4 Teams já factura 4 Milhões e faz com que por estas alturas a empresa tenha que trabalhar de forma ininterrupta, 24 sobre 24 horas e sem folgas ou fins-de-semana. Só para o merchandising oficial deste Mundial  já fabricou mais e 500 mil cachecóis das mais diversas seleções presentes, segundo informação do administrador da empresa, Pedro Santos. O cliente é uma empresa inglesa, a Great Branding, com a qual a fabricante de Vizela mantém já uma longa relação.

É ela que negoceia com a FIFA ou a UEFA os direitos e o fornecimento de todos os materiais associados às competições. Mas nem só para as competições de seleções, como os mundiais e europeus. A empresa de Vizela costuma também fabricar os materiais têxteis para outras competições como a Liga dos Campeões e vários campeonatos nacionais. Por esta altura do ano, com o início dos campeonatos e novos patrocinadores a produção é contínua. Agora para o Mundial estão a fabricar para a Great Branding, mas também têm encomendas isoladas de várias seleções, explicou o responsável da 4Teams.

Além dos cachecóis, entre os items fabricados na têxtil de Vizela estão também gorros, bandeiras, toalhas, equipamentos e fatos de treino associados às mais diversas equipas e seleções. E até cachecóis para casamentos, com as fotografias dos noivos, alianças e a data se fazem agora na 4Teams.

Já conhecida como “Cristiano Ronaldo dos cachecóis”, a empresa de Pedro Santos que começou à cerca de 10 anos com 12 funcionários emprega agora 89 pessoas e registou em 2017 um volume de negócios à volta de 4 milhões de euros. Ou seja, a 4 teams já fatura 4 milhões.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.