×
371
Fashion Jobs
TIFFOSI
Comprador de Moda (m/f)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo · Alicante
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Dolce Vita Tejo (Ubbo) - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Amadora
H&M
Department Manager Lisboa
Efetivo · Lisboa
RALPH LAUREN
Sales Associate Part Time/ Vendedor de Loja (Part Time)
Efetivo · Modivas
RALPH LAUREN
Sales Associate Part Time / Vendedor de Loja (Part Time)
Efetivo · Modivas
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Évora Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Évora
TIFFOSI
Store Manager/ Gerente de Loja
Efetivo · Beja
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Centro Comercial Lisboa (f/m)
Efetivo · Lisbon
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Centro Comercial Lisboa (f/m)
Efetivo · Lisbon
LEVI'S
Part-Time 20h Levi Strauss Eci
Efetivo · Vila Nova de Gaia
SALSA
Digital Marketing Assistant – Suporte Aos Canais Paid Marketing, Newsletters e Redes Sociais
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Coimbra - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Nosso Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Vila Real
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Porto Centro - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Porto
SALSA
Trade Marketing Assistant – Suporte Aos Canais Wholesale & Department Store
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Algarve - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Faro
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Vila do Conde Fashion Outlet - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Vila do Conde
SALSA
Conseiller(e) de Vente 30h Aeroville
Efetivo · Paris
Por
AFP
Publicado em
13 de jan de 2015
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

EUA: loja de departamentos Macy's fecha unidades e despede funcionários

Por
AFP
Publicado em
13 de jan de 2015

A cadeia americana de lojas de departamentos Macy’s anunciou na última semana um plano de reestruturação compreendendo o fechamento de uma dezena de lojas nos EUA que empregam mais de mil pessoas.

Arquivo


Quatorze lojas totalizando 130 milhões de dólares de vendas anuais, que empregam 1.343 assalariados, vão ser fechadas na primavera, segundo um comunicado.

Elas representam 1,8% da rede (790 lojas) do grupo americano. A Macy’s diz que vai tratar os empregados com “respeito”, mas não diz se vai recolocá-los em outras lojas.

Cerca de 300 empregados a mais, que trabalham no departamento de marketing, dos quais uma boa parte em Nova Iorque (115), estão também relacionados na reestruturação.

No entanto, a Macy’s assegura que no término do seu plano, vai manter um número de funcionários igual (175.000), já que a empresa espera contratar para o setor de tecnologia.

“Nossa indústria está a evoluir rapidamente para adaptar-se às mudanças de hábitos de compra dos consumidores nas nossas lojas, nos tabletes e smartphones”, explica o administrador delegado Terry Lundgren, citado no comunicado.

Esta reorganização vai lhe possibilitar a economia de cerca de 140 milhões de dólares por ano, a partir de 2015, e vai traduzir-se num encargo que pode chegar até 110 milhões de dólares, cuja maior parte será inscrita nas contas do quarto trimestre de 2014.

Por outro lado, a Macy’s confirmou suas previsões anuais. O lucro por ação ajustado, referência dos mercados, ainda está a ser esperado dentro de um intervalo de 4,25 a 4,35 dólares. Os analistas esperam em média 4,36 dólares.

Em contrapartida, o grupo ajustou seu objetivo de crescimento das vendas anuais, agora de 1,4% a 1,5% ante 1,2% a 1,5 anteriormente.

Ainda na passada quinta-feira (8), outra cadeia de lojas americana, a JC. Penney, anunciou que vai fechar 40 lojas (4% da sua rede) e cortar 2.250 empregos nos Estados Unidos.

A JC. Penney está a assistir a uma lenta erosão das suas vendas há alguns anos. O grupo voltou-se, em abril de 2013, para o seu antigo dirigente, Mike Ullman.

Se ele não conseguiu fazer milagre na receita, todavia, o dirigente estabilizou as vendas e deve ceder as rédeas este ano a um antigo alto dirigente da companhia especializada em produtos para o lar Home Depot, Marvin Ellison.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.