×
302
Fashion Jobs
DIRETOR(A) INDUSTRIAL
Diretor(a) Industrial
Efetivo · MONACO-VILLE
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Coimbra cc Forum Coimbra - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo ·
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa cc Chiado - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo · LISBOA
PEPE JEANS (RETAIL)
Vendedor / Vendedora - Coimbra
Efetivo · COIMBRA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Madeira Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Funchal Rua - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
10 de mai. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Euratex lança programa de cooperação com indústria têxtil da Ucrânia

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
10 de mai. de 2022

A confederação europeia da indústria têxtil Euratex anuncia o lançamento da iniciativa EUTI, ou EU-Ukraine Textile Initiative. Uma abordagem cujo objetivo é facilitar a cooperação entre empresas de têxtil e vestuário europeias e ucranianas.


Shutterstock


A iniciativa é lançada em conjunto com a Ukrlegprom, a associação ucraniana de empresas da indústria têxtil e do couro. A coordenação das duas federações é entregue a Olena Garkusha, especialista da indústria têxtil que evoluiu no mercado ucraniano e agora se encontra sediada em Bruxelas.

Dirk Ventyghem, diretor-geral da Euratex, explicou: "Apoiar a indústria têxtil é a nossa forma de ajudar o povo ucraniano. Encorajamos os nossos membros europeus a conectarem-se via EUTI e a desenvolverem parcerias duradouras." Por seu lado, Tetyana Izovit, presidente do conselho de administração da Ukrlegprom, sublinha a força do têxtil ucraniano em termos de know-how e trabalhadores qualificados. "(As nossas empresas) estão aptas e dispostas a trabalhar com a UE, mas carecem de contactos, clientes e suprimentos."

As ligações entre as fileiras têxteis da UE e da Ucrânia estão longe de ser triviais. Os números mais recentes das alfândegas europeias mostraram que em 2021 a Ucrânia era o 19.º fornecedor de vestuário da UE (339 milhões de euros) e também o seu 19.º fornecedor têxtil (164 milhões de euros).

Para a UE, a Ucrânia é também um mercado de exportação notável. No ano passado, o país foi o 11.º maior importador de vestuário europeu (616 milhões de euros) e ficou em 9.º no ranking de países clientes do têxtil europeu (675 milhões de euros).

"É possível alargar esta relação, tanto a curto prazo - para responder a necessidades urgentes, por exemplo em matéria de tecidos militares e médicos -, mas também a mais longo prazo", salienta a Euratex. "Como parceiro da PEM [Convenção Pan-Euro-Mediterrânica], a Ucrânia pode desempenhar um papel importante na cadeia de aprovisionamento de têxteis e vestuário da Europa. A suspensão dos direitos aduaneiros sobre os produtos importados da Ucrânia  proposta pela UE proporcionará novas oportunidades."

O anúncio do programa UE-Ucrânia surge num contexto complexo para a indústria europeia. Mesmo antes da guerra, a Euratex fez soar o alarme sobre o aumento dos custos da energia (eletricidade, gás, etc.), que prejudicou a rentabilidade de certas etapas de produção. As empresas precisam também de jogar com os custos crescentes do transporte induzidos pela crise sanitária e, desde então, reforçados pelos voos mais longos a partir da Ásia e pelo congestionamento dos portos chineses. Uma série de fatores que levam as marcas a aumentarem os seus preços, numa altura em que o consumo marca o passo na Europa, em resposta à inflação.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.