×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
29 de ago. de 2018
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Exclusivo: Gildo Zegna fala sobre compra da Thom Browne e início da produção

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
29 de ago. de 2018

Gildo Zegna, CEO da Ermenegildo, que acaba de adquirir a marca de moda de Nova IorqueThom Browne, tem uma confissão a fazer. Antes mesmo antes de assinar o acordo de 500 mil dólares para comprar a participação de 85% da marca, já havia começado a fabricar parte da coleção.


Gildo ZegnaPhoto: Courtesy - Photo: Courtesy


“Suponho que acabá por nos adiantar! Nos últimos meses iniciámos a produção de uma pequena parte da coleção primavera-verão 2019 da Thom, então já demos os primeiros passos", disse Zegna durante uma entrevista por telefone do seu escritório localizado no sul de Milão. O CEO estava com um ótimo humor, depois de realizar um sonho antigo: comprar uma marca de moda em expansão, com um importante apelo feminino.
 
“Obviamente, estávamos à procura de algo nesse segmento e esta oportunidade veio quase por acaso. É um bom momento para fazer um acordo e fomos rápidos e determinados. Thom Browne realmente sabe o que quer e tem uma ótima equipa, com um CEO muito forte, Rodrigo Bazan, e um grande diretor de marketing e comunicação, Tomaso Galli", acrescentou Zegna.

Na verdade, o acordo também foi uma reunião da velha guarda da Gucci, uma vez que Bazan iniciou a sua carreira como consultor financeiro para o Grupo Gucci em Florença, quando Domenico de Sole era CEO. Domenico de Sole esteve também no conselho da Sandbridge Capital, que adquiriu o controle da Browne em 2016, que agora foi vendida à Zegna.

"Não fizemos esta operação através de um banco, e foi um processo rápido, especialmente porque a Sandbridge é muito competente. Falámos com Thom e Domenico de Sole ajudou-nos. Podemos dizer que foi um bom trabalho de equipa italiana", brincou Zegna, que confessou nunca ter comparecido a um desfile da Browne. "Mas, vi vários vídeos e sem dúvida irei à Paris [para o desfile]”, declarou.


Thom Browne - primavera-verão 2019 - Moda masculina - Paris - © PixelFormula


O próximo desfile da Thom Browne está marcado para o dia 30 de setembro, um domingo. Com o acordo, a marca torna-se a terceira mais importante que se apresenta nas grandes passarelas de Milão e Paris a ser comprada este ano, depois de Dries Van Noten e Missoni.

Gildo é conhecido pelo seu estilo elegante de tecidos finos do norte de Itália, e ao ser questionado se planeia usar os fatos emblemáticos de Browne, cortados à altura do tornozelo, simplesmente disse: "Mmm... Por que não? Adoro as suas malhas e sweaters, e por enquanto vamos trabalhar nisso”. 

Gildo acrescentou que ambas as partes só começaram a negociar no final da primavera. E enfatizou que apreciou imediatamente o negócio lucrativo e bem administrado, com sólidas perspetivas de crescimento. Thom Brown não publica números, mas estima-se que as suas receitas atinjam cerca de 150 milhões de dólares este ano.

"Assim que vi uma oportunidade, encontrámo-nos imediatamente. Reuni com Thom várias vezes e as coisas aconteceram rapidamente, de forma sigilosa e eficiente. Queremos que Thom permaneça independente. O nosso trabalho é de apoio. Para mim, os têxteis têm um papel importante, assim como o fabrico", disse Zegna, cuja equipa de tecidos é possivelmente a mais avançada da indústria da moda masculina. Do Techmerino aos fatos laváveis ​​à máquina, passando pelo degradé de madras em impressões tecnológicas infinitamente variáveis.

"Vamos ver o passo-a-passo dos têxteis. Realmente quero levar Thom à nossa fábrica para ver a nossa oferta de artigos feitos sob medida. Não posso dizer que tipo de investimentos de capital vamos fazer, pois acabámos de adquirir a Thom Browne. Mas, para crescer é preciso investir, claro", concluiu.

Paris que se prepare!

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.